Mundial de Clubes é importante teste para o Catar
Asia

Mundial de Clubes é importante teste para o Catar

Por Simon Evans

(Reuters) – Com início marcado para quarta-feira, o Mundial de Clubes da Fifa representa um grande teste para o Catar em relação à capacidade do país-sede em lidar com um grande fluxo de torcedores estrangeiros.

O Liverpool, atual campeão europeu, e o Flamengo, que conquistou a Copa Libertadores, são os favoritos para a disputa da final, que ocorre em 21 de dezembro no estádio Khalifa, em Doha.

Para o país asiático, que sediará a Copa do Mundo entre novembro e dezembro de 2022, este significa o maior evento futebolístico já recebido.

Os organizadores precisaram fazer uma mudança de última hora em seus planos, tendo decidido no domingo pela não realização de partidas no estádio Education City.

O local rebeceria a semifinal que envolve o Liverpool, a decisão de terceiro lugar e a final do torneio. Agora, as três partidas serão disputadas no Khalifa International Stadium.

Em um sinal de que os torneios futebolísticos levam mudanças ao Catar, onde a venda de álcool é restrita aos hotéis, haverá disponilidade de cerveja na fan-zone oficial do Doha Sports Park, embora o consumo não seja permitido dentro dos estádios.

No jogo de abertura, o catariano Al Sadd enfrentará o Hienghene Sport, da Nova Caledônia, que representa a Oceania. O vencedor do confronto pega o mexicano Monterrey na segunda rodada, que também terá o saudita Al Hilal enfrentando o Esperance, da Tunísia.

Liverpool e Flamengo entram no torneio na fase semifinal e tendem a se enfrentar na decisão, o que repetiria o duelo da Copa Intercontinental de 1981, quando um inspirado Flamengo liderado por Zico venceu o clube inglês em Tóquio por 3 x 0.

(Por Simon Evans)

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEFB81R7-BASEIMAGE

To Top