Governo utilizou verbas destinadas para Aposentadorias e Pensões para pagar o 13º do Bolsa Família
Benefícios

Governo utilizou verbas destinadas para Aposentadorias e Pensões para pagar o 13º do Bolsa Família

Bolsa familia 1

Governo utilizou verbas destinadas para Aposentadorias e Pensões para pagar o 13º do Bolsa Família. Para conseguir pagar a 13ª parcela aos beneficiários do Bolsa Família, o governo teve de usar parte da verba que estava prevista para aposentadorias e pensões.

Em mais um capítulo dos problemas enfrentados sob comando de Jair Bolsonaro, o programa social precisou de dinheiro às pressas para evitar que famílias ficassem desamparadas. Foi necessário remanejar o Orçamento no fim de 2019 e retirar recursos de outras áreas.

Sem o aumento dos repasses ao programa, cerca de 1 milhão de famílias poderia ficar fora da cobertura em dezembro, que incluiu também a 13ª parcela, promessa de Bolsonaro.

Até parte do dinheiro que estava reservada para a Previdência Social foi alvo do corte. O Ministério da Economia confirmou o remanejamento dos recursos.

O governo avaliou que gastaria menos com benefícios previdenciários em 2019 por causa do combate a fraudes, mas também em função do atraso do INSS para responder a pedidos de aposentadorias e pensões.

Essa demora vem prejudicando idosos que aguardam uma resposta do INSS. Com esse represamento na análise, houve uma folga no orçamento da Previdência.

Apesar do esforço do governo, a cobertura do Bolsa Família segue caindo na gestão Bolsonaro. Em dezembro, foi a menor do ano passado: 13,1 milhões de famílias atendidas.

A queda tem sido provocada artificialmente. O governo passou a controlar a inclusão de beneficiários no programa, cujo objetivo é reduzir a desigualdade no país, por causa da falta de dinheiro.

O governo cita documentos encaminhados ao Congresso que apontam gasto menor do que o esperado na Previdência em 2019. As explicações são o pente-fino e o atraso na concessão de aposentadorias. Em dezembro, cerca de 1,3 milhão de pedidos ao INSS estavam sem resposta havia mais de 45 dias. (Folha)

To Top