Proibido de deixar país, Guaidó chega a Bogotá para reunião com Duque e Pompeo
Últimas Notícias

Proibido de deixar país, Guaidó chega a Bogotá para reunião com Duque e Pompeo

portalmixvaleultimasnoticias1200 (1)

BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) – O líder da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino do país por mais de 50 países, chegou neste domingo (19) em  Bogotá, onde já tem marcadas reuniões com o presidente colombiano Iván Duque e o secretario de Estado dos EUA, Mike Pompeo, na segunda-feira (20).
Guaidó também deve participar de um encontro de luta contra o terrorismo, que ocorrerá nesta semana na capital colombiana. 
Até o fechamento deste texto, ainda não havia informações sobre como o venezuelano havia saído da Venezuela — em outra ocasião, em fevereiro de 2019, quando foi para a cidade colombiana Cúcuta, ele atravessou a fronteira de modo ilegal.
Guaidó tem sua saída do país proibida pela ditadura de Nicolás Maduro, e pode ser preso ao tentar voltar.
Guaidó também foi econômico nas palavras. Em sua conta no Twitter. Informou que já estava em território colombiano e agradeceu Duque pelo apoio.
Veículos independentes da Venezuela publicaram que Guaidó poderia seguir daí a Davos, onde começará na segunda-feira (20) a 50ª edição do Fórum Econômico Mundial. A assessoria de imprensa do líder opositor afirma que sua agenda no exterior só será confirmada na segunda-feira (20).
Guaidó chega à Colômbia após enfrentar uma tentativa da ditadura de tomar a liderança da Assembleia Nacional, no último dia 5 de janeiro. 
Na ocasião, aliados de Maduro barraram sua entrada para a votação que o reelegeria, e colocaram em seu lugar um colaborador, Luis Parra.
Guaidó conseguiu refazer a sessão logo depois, em outro local, e obteve mais de 100 votos de deputados opositores, que permitiu com ele fosse reeleito como líder do parlamento.

To Top