Mercado ignora crise na Líbia e preços do petróleo recuam em meio a ampla oferta global
Asia

Mercado ignora crise na Líbia e preços do petróleo recuam em meio a ampla oferta global

Por Jessica Resnick-Ault

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo recuaram nesta terça-feira, diante do entendimento de que um mercado global bem suprido, incluindo a crescente produção dos Estados Unidos, é capaz de absorver as interrupções que levaram o bombeamento da Líbia a quase zero.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em queda de 0,61 dólar, ou 0,94%, a 64,59 dólares por barril. Já o petróleo nos EUA recuou 0,20 dólar, ou 0,34%, para 58,34 dólares o barril.

Os barris da Líbia, “embora abundantes quando aparecem no mercado, não vinham representando uma contagem confiável”, disse Brayton Tom, gestor sênior de riscos da equipe de energia da INTL FCStone. “No fim das contas, a capacidade ociosa na região é grande.”

Praticamente toda a capacidade de exportação de petróleo da Líbia está sob força maior –uma renúncia a obrigações contratuais– depois de bloqueios a oleodutos tanto no leste quanto no oeste do país dificultarem a produção.

Se as exportações líbias forem interrompidas por um período prolongado, os tanques de estoque serão preenchidos rapidamente e a produção recuará para 72 mil barris por dia (bpd), disse um porta-voz da petroleira estatal NOC. Recentemente, o país vinha produzindo 1,2 milhão de bpd.

(Com reportagem adicional de Jessica Jaganathan em Cingapura e Ahmad Ghaddar em Londres)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG0K1ZX-BASEIMAGE

To Top