Chefe da missão do FMI para Argentina diz que reunião com ministro da Economia foi "extremamente positiva"
Economia

Chefe da missão do FMI para Argentina diz que reunião com ministro da Economia foi “extremamente positiva”

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK (Reuters) – O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) na Argentina, Luis Cubeddu, disse nesta terça-feira que uma reunião com o ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, em Nova York, foi “extremamente positiva”.

Falando a repórteres ao deixar a reunião, Cubeddu disse que eles estavam começando a “elaborar os próximos passos”.

“Acredito que foi uma reunião muito produtiva e muito construtiva com o ministro”, disse Cubeddu, acrescentando que a “boa conversa” durou mais de uma hora.

Guzman estava programado para se reunir com Cubeddu e Julie Kozack, vice-diretora do FMI para o Hemisfério Ocidental, de acordo com um porta-voz do FMI, enquanto o novo governo do presidente Alberto Fernández se prepara para renegociar cerca de 100 bilhões de dólares em dívidas soberanas.

O FMI, maior credor da Argentina, tem um contrato de financiamento de 57 bilhões de dólares com o país sul-americano.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG0R1TT-BASEIMAGE

To Top