Santander impulsiona índices europeus apesar de temores sobre coronavírus
Economia

Santander impulsiona índices europeus apesar de temores sobre coronavírus

Santander impulsiona índices europeus apesar de temores sobre coronavírus

Por Susan Mathew e Medha Singh

(Reuters) – Banco Santander e Safran garantiram fechamento positivo para o mercado acionário europeu nesta quarta-feira, mesmo com investidores avaliando o potencial impacto do coronavírus e a previsão de um economista sobre a segunda maior economia do mundo.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,4%, a 1.639 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,44%, a 419 pontos.

O índice espanhol IBEX liderou as bolsas regionais, impulsionado pelo aumento de 4,4% no Santander após o banco registrar lucro líquido trimestral acima do esperado puxado pela performance de seu principal mercado, o Brasil.

Junto com os ganhos do grupo bancário sueco SEB, que superou o resultado do quarto trimestre, o índice de bancos da zona do euro avançou 1%.

A fornecedora da Boeing Safran também deu grande impulso para o índice regional, após as ações da fabricante de aviões subirem apesar do inesperado prejuízo anual, com analistas dizendo que as más notícias já tinham sido precificadas.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,04%, a 7.483 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,16%, a 13.345 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,49%, a 5.954 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,57%, a 24.164 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,66%, a 9.546 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,31%, a 5.259 pontos.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG0S1TE-BASEIMAGE

To Top