Trigo sobe após mínima de quase 2 meses diante de menores temores com coronavírus
Agro

Trigo sobe após mínima de quase 2 meses diante de menores temores com coronavírus

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros do trigo negociados em Chicago fecharam em alta nesta quarta-feira, recuperando-se de uma mínima de quase dois meses com suporte de um amplo otimismo de que a epidemia de coronavírus será contida, disseram traders.

Os contratos futuros de milho e soja também avançaram.

O contrato março do trigo fechou em alta de 5,50 centavos, a 5,475 dólares por bushel, após atingir 5,3825 dólares, o mais baixo valor desde 16 de dezembro.

O milho terminou em alta de 3,25 centavos, a 3,83 dólares por bushel, e a soja subiu 7,75 centavos, para chegar a 8,925 dólares por bushel.

“Há algum otimismo de que estamos superando o pior do coronavírus, e o mercado de ações subiu um pouco, os mercados de energia estão se fortalecendo”, disse Jack Scoville, analista da Price Futures Group em Chicago.

(Por Julie Ingwersen)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG1B1ZJ-BASEIMAGE

To Top