Dicas para conseguir aumentar o valor de sua Aposentadoria
Benefícios

Dicas para conseguir aumentar o valor de sua Aposentadoria

INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado

Dicas para conseguir aumentar o valor de sua Aposentadoria. Entre os quase 2 milhões de segurados na fila do INSS, muitos são aposentados e pensionistas aguardando a revisão do seu benefício. O INSS não informa o total destes requerimentos nem o tempo médio de espera para a análise de uma revisão administrativa. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Porém, ao pedir uma revisão, o aposentado tem o direito de receber uma resposta no prazo de 45 a 60 dias. Os 45 dias são o limite que o próprio INSS informa ao segurado na hora que ele faz uma solicitação. Já os 60 dias correspondem ao prazo inicial de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, conforme estabelece a legislação.1 6

Revisão da Vida Toda: Entenda como funciona no INSS

Revisões na aposentadoria

O aposentado que desconfia ter sido vítima de um erro no cálculo de seu benefício pode solicitar a correção do valor ao INSS com um pedido administrativo, feito na APS (Agência da Previdência Social), ou com uma ação judicial Robson Ventura/Folhapress

Para entrar com um pedido de revisão, tanto administrativa quanto na Justiça, é preciso obedecer a algumas regras, a principal é respeitar o limite de dez anos fixado em lei para contestar o benefício. O prazo começa a contar a partir do primeiro dia do mês seguinte ao do recebimento do primeiro benefício.

Quem identifica um erro de cálculo na média salarial ou a falta de um período contributivo dentro da decadência pode pedir a revisão do benefício pelo site Meu INSS. O segurado deve anexar seus documentos pessoais e explicar, claramente, porque o benefício deve ser revisto. Junto ao pedido, é necessário incluir os novos documentos que comprovem o direito que está sendo requerido.

Alertas sobre fila no INSS para análise de pedidos

Segundo o INSS, o segurado será previamente comunicado nos casos em que for indispensável o comparecimento em uma de suas agências para comprovar alguma informação.

A solicitação deve ocorrer quando há certeza de que um direito não foi reconhecido e quando há novos documentos para apresentar ao instituto.

Se o INSS reconhecer erro a favor do segurado, serão pagas as diferenças de até cinco anos antes do pedido da revisão, com correção monetária.

Por que enfrentar a fila do INSS por uma revisão

  • Aposentados e pensionistas têm até dez anos para pedir uma revisão do seu benefício
  • O prazo começa a contar a partir do primeiro dia do mês seguinte ao do recebimento do primeiro benefício
  • Ou seja, quem começou a receber a aposentadoria em janeiro de 2010, por exemplo, tem até, no máximo, fevereiro de 2020 para formalizar o pedido de revisão

Vantagens

  • A maior vantagem de pedir a revisão no INSS é que não custa nada. O segurado só precisa apresentar a solicitação, sem a obrigação de contratar um advogado
  • O pedido é feito pelo site meu.inss.gov.br ou pelo telefone 135. É preciso apresentar documentos que comprovem o direito
  • Se o pedido administrativo não tiver resposta dentro do prazo, o segurado pode ir à Justiça

Prazos

  • Caso não concorde com a decisão do INSS, o trabalhador pode recorrer no próprio instituto
  • O prazo para apresentar o recurso é de até 30 dias após a negativa do INSS
  • É indicado que o segurado escreva uma carta de contestação da decisão do INSS, apresentando seus motivos com clareza
  • É possível também entrar com o recurso na Justiça

Tenha certeza do pedido!

  • Ao pedir a revisão, todo benefício será revisto, por isso é necessário ter documentos que comprovem o direito
  • Se o INSS entender que a concessão foi indevida ou algum período entrou a mais, por exemplo, a renda pode diminuir ou o benefício pode até ser cancelado

Pagamento dos atrasados

  • Se for comprovado que houve erro, o INSS tem que implantar o benefício maior e pagar os atrasados
  • Esses valores são as diferenças entre a data de concessão da aposentadoria que estava errada e a do novo benefício, com correção
  • O segurado tem direito à correção monetária do valor. Na Justiça, há ainda o pagamento de juros
  • Os atrasados são limitados a até cinco anos antes do pedido de revisão

Extrato previdenciário: Veja como ter acesso ao CNIS

To Top