Região italiana alerta para caos hospitalar caso coronavírus se espalhe
Asia

Região italiana alerta para caos hospitalar caso coronavírus se espalhe

Por Elvira Pollina e Crispian Balmer

MILÃO (Reuters) – Os hospitais italianos ficarão caóticos se o grave surto de coronavírus se espalhar, disse nesta sexta-feira a região mais atingida do país, Lombardia, alertando que 10% dos que pegaram a doença precisam de tratamento intensivo.

As autoridades italianas estão sob crescente pressão para restaurar o senso de normalidade depois de impor restrições rígidas há uma semana em grande parte do norte do país para conter o pior surto da doença na Europa.

No entanto, a Lombardia, a região mais rica da Itália, que circunda a capital financeira Milão, alertou para os perigos da complacência.

“Se esse surto se espalhar, os hospitais enfrentarão uma crise séria, não apenas pelas admissões por coronavírus, mas por todos os pacientes”, afirmou a região em comunicado.

Destacando as preocupações, a Lombardia revelou que houve um aumento repentino de pessoas que precisam de hospitalização na cidade de Lodi, perto do epicentro do contágio.

“Infelizmente, outra emergência ocorreu em Lodi da noite para o dia”, disse o governador regional Attilio Fontana, que se colocou em isolamento autoimposto depois que um assessor testou positivo para a doença.

“Houve uma série de hospitalizações com 51 pessoas em estado grave, incluindo 17 que foram submetidas a tratamento intensivo”, disse ele ao canal de televisão privado La7.

tagreuters.com2020binary_LYNXNPEG1R1LK-BASEIMAGE

To Top