Artista de Madri espanta tristeza do coronavírus cantando em sacada
Entertainment and Lifestyle

Artista de Madri espanta tristeza do coronavírus cantando em sacada

MADRI (Reuters) – A cantora espanhola Beatriz Berodia está ajudando a espantar a tristeza do coronavírus com apresentações noturnas em sua sacada para entreter vizinhos em Madri. Berodia, conhecida como “Betta”, é acompanhada por seu parceiro e guitarrista Andrea Capalbo na sacada adjacente, no bairro de Lavapiés.

Um cartaz preso ao corrimão da sacada diz que eles aceitam sugestões de músicas na conta de Instagram @MUSICBETTA para os shows de meia hora. De suas próprias janelas e sacadas, os vizinhos acompanham o som amplificado balançando o corpo e batendo os pés.

“Fazemos isso porque queremos deixar todos felizes por algum tempo”, disse Berodia à Reuters da sacada. “Sou músico em tempo integral, e como tantas apresentações e turnês foram canceladas, decidimos isso para continuar com a música e permitir que as pessoas tenham um momento para se desconectar, isso seria algo muito positivo”, disse.

Madri é o epicentro da doença na Espanha. Com mais de mil mortos e quase 20 mil infectados, o país é o segundo mais atingido da Europa, só atrás da Itália. O estado de emergência em vigor praticamente só permite que os espanhóis saiam para fazer o absolutamente essencial. Restaurantes e a maioria das lojas sem ligação com alimentação estão fechadas.

Betta disse que, quando as pessoas voltarem a ter permissão de circular normalmente nas ruas, pedirá a elas que apoiem a música ao vivo e os músicos “porque é um setor que passará por dificuldades”.

Após uma salva de palmas para seu próprio show, Betta, Andrea e os vizinhos participam de uma leva de aplausos que acontece todos os dias na cidade em apoio aos agentes de saúde que combatem a epidemia.

(Por Michael Gore e Elena Rodriguez)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG2J2H8-BASEIMAGE

To Top