Mandetta diz que curva de transmissão do coronavírus só terá queda brusca em setembro
Últimas Notícias

Mandetta diz que curva de transmissão do coronavírus só terá queda brusca em setembro

portalmixvaleultimasnoticias1200 (1)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta sexta-feira (20) que a curva de transmissão do novo coronavírus no Brasil só deve apresentar “queda profunda” em setembro.
A declaração foi dada por Mandetta durante videoconferência do presidente Jair Bolsonaro com empresários.
“No mundo ocidental, onde as informações são mais fidedignas […], fica caracterizado que o vírus tem um padrão de transmissão, [que] ele é muito competente”, declarou o ministro.
“São Paulo está fazendo o início do seu redemoinho [de transmissão]. A gente imagina que ela vai pegar velocidade e subir nas próximas semanas, 10 dias. A gente deve entrar em abril e iniciar a subida rápida, isso vai durar os meses de abril, maio, junho, quando ela vai começar a ter uma tendência de desaceleração. O mês de julho deve começar o platô. Em agosto o platô vai começar a mostrar tendência de queda e aí a queda em setembro é profunda, tal qual a de março na China”, concluiu.
Ainda segundo o ministro, pelas projeções atuais o sistema brasileiro de saúde entraria em colapso em abril. Para evitar isso, continuou o ministro, o governo pode ser obrigado a “segurar a movimentação” de pessoas para tentar diminuir a velocidade da transmissão.
“O que é um colapso? Você pode ter o dinheiro, o plano de saúde, mas simplesmente não há sistema para você entrar”, explicou.

To Top