Malásia diz que relações com Índia vão melhorar após suspensão de taxa para óleo
Agro

Malásia diz que relações com Índia vão melhorar após suspensão de taxa para óleo

KUALA LUMPUR (Reuters) – As relações da Malásia com a Índia, importante compradora de óleo de palma, que haviam estremecido sob o governo do ex-primeiro-ministro Mahathir Mohamad, devem melhorar depois de o governo indiano suspender uma taxa de importação de 5% ao óleo vegetal, disse nesta quarta-feira o ministro de Commodities malaio.

“O novo governo vê a medida da Índia como um passo positivo, que sinaliza uma abertura para a reconstrução de uma relação próxima nos aspectos comerciais e culturais”, disse o novo ministro de Commodities da Malásia, Mohd Khairuddin Aman Razali.

A Índia tem sido a maior compradora de óleo de palma da Malásia há cinco anos, mas as importações foram paralisadas depois que o país restringiu aquisições do produto e orientou traders a evitarem o óleo vegetal malaio, o que foi visto como uma retaliação a críticas de Mahathir, que deixou o poder no mês passado, à política indiana sobre minorias islâmicas.

Mohd Khairuddin disse que a Malásia reconheceu a necessidade de que os dois países discutam as restrições às importações e um desequilíbrio comercial que favorece os malaios.

A Malásia enviará uma delegação à Índia assim que a pandemia de coronavírus terminar, acrescentou o ministro.

(Reportagem de Mei Mei Chu)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG2O293-BASEIMAGE

To Top