PETRÓLEO-Preços caem com preocupações sobre demanda ofuscando estímulos nos EUA
Agro

PETRÓLEO-Preços caem com preocupações sobre demanda ofuscando estímulos nos EUA

Por Ahmad Ghaddar

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo operavam em território negativo nesta quarta-feira, com a queda na demanda por combustíveis devido à disseminação do coronavírus compensando um massivo pacote de estímulos em tramitação nos Estados Unidos.

O petróleo Brent recuava 0,84 dólar, ou 3,09%, a 26,31 dólares por barril, às 9:07 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,29 dólar, ou 1,21%, a 23,72 dólares por barril.

Tanto o Brent quanto o WTI recuaram após altas iniciais na sessão.

Senadores dos EUA e representantes da administração Trump chegaram a um acordo sobre o pacote de estímulos de 2 trilhões de dólares que agora espera-se que seja aprovado no Congresso ainda nesta quarta-feira.

Ainda assim, a demanda por produtos de petróleo tem caído ao redor do mundo, especialmente por combustível de aviação, uma vez que governos têm anunciado quarentenas nacionais, o que limita os ganhos do petróleo.

“Embora os futuros do petróleo tenham subido nesta manhã, impulsionados pelo sentimento do mercado, o desafio para o mercado físico de petróleo está chegando e a crescente sobreoferta vai causar uma situação de ‘não tem pra onde correr’ muito em breve”, disse o chefe de mercados de petróleo da Rystad Energy, Bjornar Tonhaugen.

Refinarias pelo mundo estão respondendo à queda na demanda com redução na produção– unidades na Índia foram as últimas a cortar o processamento de petróleo, em meio a novas medidas no país para conter o coronavírus.

A Índia, segundo país mais populoso do mundo e terceiro maior consumidor de petróleo, entrou em um período de 21 dias de quarentena após decisão do governo.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG2O1HH-BASEIMAGE

To Top