Ibovespa acompanha NY e avança mais de 4%; Gol dispara cerca de 30%
Business

Ibovespa acompanha NY e avança mais de 4%; Gol dispara cerca de 30%

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – A bolsa paulista engatava um terceiro pregão de alta nesta quinta-feira, com ações de companhias aéreas entre os maiores ganhos do Ibovespa, acompanhando o viés positivo em Wall Street, após o Senado norte-americano aprovar um pacote de 2 trilhões de dólares em estímulos econômicas em resposta ao Covid-19.

Às 12:22, o Ibovespa subia 4,11 %, a 78.032,63 pontos. O volume de negócios era de 10,3 bilhões de reais. Nesse cenário, o Ibovespa caminha para fechar a semana no azul e encerrar série de cinco semanas negativas em que acumulou perdas de cerca de 40%.

Nos EUA, o Senado aprovou projeto de lei de 2 trilhões de dólares para ajudar trabalhadores desempregados e indústrias afetadas pela epidemia do coronavírus, além de fornecer bilhões de dólares para equipamento médico necessário.

Em Nova York, o S&P 500 avançava 3,3%, mesmo após dados que mostraram que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram para 3,28 milhões na última semana, ante 282 mil revisados ​​na semana anterior, apagando o recorde anterior de 695 mil estabelecido em 1982.

“O mercado deve continuar volátil, mas essas reações no curto prazo mostram que os investidores estão entendo que aquele risco sistêmico de uma grande recessão existe, mas está diminuindo”, observou o analista de ações Thiago Salomão, da Rico Investimentos.

No Brasil, a cena corporativa também ocupa os holofotes, com balanços trimestrais e mais medidas a fim de atenuar o efeito da pandemia do Covid-19, enquanto, do lado macroeconômico, o Banco Central cortou para zero sua projeção para a variação do PIB em 2020.

Ainda na agenda, o Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br), sinalizador do PIB, por sua vez, cresceu 0,24% em janeiro na comparação com o mês anterior, segundo dados dessazonalizados.

DESTAQUES

– GOL PN e AZUL PN subiam 26,6% e 16,9%, respectivamente, em nova sessão de recuperação, ajudada pela queda do dólar ante real, além de novas medidas no Brasil e no mundo a fim de combate à pandemia do novo coronavírus, que fez as empresas cortarem drasticamente suas ofertas de voos, além de outras ações. No setor de viagens, a CVC BRASIL acompanhava a reação e subia 25,2%.

– PETROBRAS PN e PETROBRAS ON avançavam 4% e 3,6%, respectivamente, apesar da relativa fraqueza do petróleo no exterior. A petrolífera reduzirá investimentos em 2020 para 8,5 bilhões de dólares e cortará gastos operacionais em mais 2 bilhões de dólares, em medidas adotadas em meio à pandemia do coronavírus e o choque de preços no mercado de petróleo. Também informou postergação para 15 de dezembro do pagamento de dividendos remanescentes referentes a 2019.

– BANCO DO BRASIL ON valorizava-se 6,9%, em sessão positiva para bancos do Ibovespa, com ITAÚ UNIBANCO PN subindo 2,8% e BRADESCO PN em alta de 2,2%.

– VIA VAREJO ON tinha alta de 7,2%, após resultado do quarto trimestre, quando a varejista mostrou lucro operacional de 78 milhões de reais, enquanto o resultado contábil mostrou prejuízo de 875 milhões de reais, após ajustes decorrentes de evidências de fraude contábil em seus resultados. O Ebitda ajustado cresceu para 605 milhões de reais de outubro a dezembro do ano passado. MAGAZINE LUIZA ON avançava 10% e B2W subia 2,85%.

– HAPVIDA ON ganhava 15%, mesmo após queda no lucro líquido do quarto trimestre para 214,5 milhões de reais, em meio a aumento de custos, uma vez que o Ebitda subiu 20,6%. A operadora de planos de saúde afirmou que vê mais flexibilidade regulatória no enfrentamento ao coronavírus.

– JBS ON valorizava-se 2,9%, tendo de pano de fundo salto no lucro do quarto trimestre, apoiado por forte demanda da China, que ampliou importações de alimentos após a epidemia de peste suína africana que atingiu seu rebanho. A empresa também aprovou recompra de 10% das ações em circulação. Em teleconferência sobre o balanço, executivos da companhia afirmaram ver recuperação da China, migração de food service para varejo e alta de exportações dos EUA.

– EMBRAER ON tinha variação negativa de 2%, após divulgar prejuízo líquido ajustado de 383,6 milhões de reais no quarto trimestre de 2019, revertendo lucro líquido de 79,7 milhões de reais um ano antes. A fabricante de aviões também informou que devido à incerteza relacionada ao impacto da propagação do coronavírus está suspendendo suas estimativas em relação aos resultados esperados para 2020.

– VALE ON avançava 2%, acompanhando o viés mais positivo na bolsa como um todo.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG2P1MZ-BASEIMAGE

To Top