Pente fino do INSS pode atrasar por causa do Coronavírus?
Benefícios

Pente fino do INSS pode atrasar por causa do Coronavírus?

INSS Previdência Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo Consignado

Pente fino do INSS pode atrasar por causa do Coronavírus? O avanço do coronavírus no país alterou o atendimento nas agências do INSS e ainda deve afetar os planos do governo quanto à revisão dos benefícios por incapacidade, podendo trazer impactos até mesmo para as medidas de redução da fila de espera por benefícios. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Apesar da crise, a Secretaria de Previdência informou nesta segunda (16) que, por enquanto, está mantida a contratação de servidores aposentados e de militares da reserva que participarão do mutirão convocado pelo governo para reduzir a fila de quase 2 milhões de pedidos de benefícios à espera de análise.

A Secretaria informou, porém, que, diante da pandemia, não poderia confirmar a convocação oficial para até a próxima sexta-feira (20), prazo inicialmente previsto para a publicação do edital.

As perícias médicas para segurados afastados do trabalho por acidente ou doença deverão ser mantidas e só serão interrompidas se o agravamento da crise sanitária levar ao fechamento das agências da Previdência, informou uma fonte do setor.

INSS libera R$ 200 milhões com correção de benefícios(Abre numa nova aba do navegador)

Mas a convocação de beneficiários de auxílio-doença para passarem pelo pente-fino anunciado há mais de um ano, ainda no início da gestão de Jair Bolsonaro, não deve ocorrer antes de abril ou até que a crise de saúde esteja sob controle.

O pente-fino sofreu diversos atrasos devido a dificuldades no desenvolvimento do sistema que organiza as perícias. A previsão mais recente era que as convocações começassem no início deste ano, o que não ocorreu.

Protesto das centrais sindicais pelo INSS

Centrais sindicais realizam ato unitário contra a atual situação do INSS, que tem 1,7 milhão de pedidos na fila de análise e a convocação de 7.000 militares para uma força-tarefa

Atendimento
O INSS informou nesta segunda-feira (16) que está limitada a presença de acompanhantes dos segurados durante atendimento nas agências para evitar aglomerações, devido à pandemia do coronavírus.

Segundo o instituto, poderão permanecer, apenas, procuradores ou representantes legais devidamente identificados.

O órgão, seguindo orientações do Ministério da Saúde, reitera que os segurados não precisam ir a uma agência para pedir benefícios.

Basta acessar o Meu INSS por meio do site gov.br/meuinss ou ligar para a Central 135, de segunda a sábado de 7h às 22h.

“O segurado só deve buscar atendimento presencial se for imprescindível, como, por exemplo, em caso de perícia médica”, ressalta a nota do INSS.

Nas situações em que for necessário comparecer a uma agência, os segurados devem seguir as regras de higiene e manter sempre as mãos lavadas, com uso posterior do álcool em gel.

Sem Presidente Jair Bolsonaro veja qual seria o Piso pago pelo INSS?(Abre numa nova aba do navegador)

De acordo com o INSS, as prestadoras de serviços de limpeza e conservação estão dando especial atenção à limpeza de banheiros, elevadores, corrimãos, maçanetas, áreas de atendimento e salas de perícia.

Além disso, o instituto garante a disponibilidade de sabonetes nos banheiros para a higienização das mãos.

Outra iniciativa, para diminuir o fluxo de segurados que buscam as agências do INSS é restringir o atendimento espontâneo até as 13h.

Após esse horário, só serão feitos atendimentos programados e, caso não tenha agendamento após esse horário, a agência deverá ser fechada.

Todos terão a Segunda parcela do 13º do INSS em maio(Abre numa nova aba do navegador)

To Top