INSS suspendeu prova de vida
Benefícios

INSS suspendeu prova de vida

INSS Previdência Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo Consignado

INSS suspendeu prova de vida. O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) informou na quinta-feira (12) que suspenderá as provas de vida anuais obrigatórias por 120 dias. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

A medida tem o objetivo de reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus entre aposentados e pensionistas da Previdência.

Na maioria dos casos, o recadastramento anual é feito na rede bancária, onde os aposentados recebem seus benefícios.

Saque do FGTS na Caixa pode enfrentar problemas(Abre numa nova aba do navegador)

Medidas preventivas a serem tomadas também nas agências da Previdência, onde costuma haver concentração de idosos, serão definidas em conjunto com o Ministério da Saúde.

Idosos estão no grupo considerado mais vulnerável ao agravamento da síndrome provocada pelo vírus e, por isso, precisam tomar cuidados extras, como evitar aglomerações.

A prova de vida é uma exigência feita a quem recebe aposentadoria ou pensão do INSS. O beneficiário, uma vez ao ano, precisa provar que está vivo para não perder o benefício.

Entenda como ter direito ao Salário Família pelo INSS(Abre numa nova aba do navegador)

O procedimento obrigatório é uma forma de evitar fraudes e pagamentos indevidos. ​O prazo para fazer a prova de vida é geralmente informado pela rede bancária, responsável pelo atendimento.

Adiantamento do 13º salário

O Ministério da Economia também instituiu nesta quinta um grupo de monitoramento dos impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

Entre as medidas está a antecipação para abril o pagamento de R$ 23 bilhões referentes a parcela de 50% do 13º salário aos aposentados e pensionistas do INSS, além da suspensão da prova de vida dos beneficiários.

O governo também irá propor ao Conselho Nacional da Previdência Social a redução do teto dos juros do empréstimo consignado em favor dos beneficiários do INSS, bem como a ampliação do prazo máximo das operações.

Justiça Federal

O TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), que atende majoritariamente a segurados do INSS (de São Paulo e Mato Grosso do Sul) suspendeu a realização de todas as perícias médicas judiciais por 14 dias.

Também foram suspensas as perícias médicas de magistrados e servidores. O tribunal recomendou ainda a advogados, representantes do Ministério Público Federal e ao público em geral que compareçam pessoalmente à Justiça Federal apenas quando for estritamente necessário.

 Mulher usa mascara de proteção no aeroporto de Guarulhos
Mulher usa mascara de proteção no aeroporto de Guarulhos – Zanone Fraissat/Folhapress

PROVA DE VIDA | ENTENDA

  • A cada 12 meses, o aposentado ou pensionista tem que provar que está vivo para garantir o recebimento da renda
  • Quem não fizer a comprovação no prazo terá seu pagamento bloqueado
  • Após 6 meses sem comprovação de vida, o benefício é cessado

COMO PROVAR

No Banco

  • Como regra geral, o banco é onde o procedimento deve ser realizado todos os anos pelo próprio aposentado ou pensionista
  • Os bancos comunicam os segurados sobre a necessidade do procedimento por meio de mensagens nos caixas eletrônicos e sites na internet
  • Assim que recebe o comunicado, o beneficiário deve ir até a agência bancária em que recebe seu benefício
  • Basta apresentar um documento de identificação com foto (RG, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação e outros) a um funcionário do banco
  • Algumas instituições financeiras já utilizam a biometria nos caixas eletrônicos

INSS: É possível fugir da demora de análise para Aposentadoria?(Abre numa nova aba do navegador)

To Top