INSS alerta sobre importância de realizar prova de vida
Benefícios

INSS alerta sobre importância de realizar prova de vida

Meu INSS agiliza o atendimento ao cidadão

INSS alerta sobre importância de realizar prova de vida. Quem recebe aposentadoria ou pensão do INSS deve, uma vez ao ano, comprovar que está vivo para não perder o benefício. De acordo com o INSS, o procedimento obrigatório é uma forma de evitar fraudes e pagamentos indevidos. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Segundo os últimos dados informados pelo órgão, em julho de 2019, quase 373 mil benefícios foram suspensos naquele mês porque os beneficiários não fizeram a prova de vida.

É obrigatório ter o cartão cidadão para sacar o FGTS?

Com seis meses de suspensão, o benefício é cortado. Para evitar o transtorno, confira como fazer o recadastramento do INSS.

O prazo para fazer a prova de vida é geralmente informado pela rede bancária, responsável pelo atendimento. O beneficiário será comunicado por mensagem no caixa eletrônico do banco onde recebe o benefício ou pelo site. A partir da comunicação é preciso ir a uma agência, com documento de identificação.

Caso tenha perdido o prazo, é necessário ir ao banco o mais rápido possível para regularizar a situação. Se não houver pendências, o pagamento é reativado e os valores que foram retidos são liberados para saque.

Veja como ficou o site do MEU INSS após mudanças realizadas

O beneficiário que tem mais de 80 anos pode solicitar o atendimento de um servidor do instituto em casa. Basta ligar para o 135 ou fazer o requerimento no site Meu INSS. Se não conseguir ser atendido, é possível fazer queixa na ouvidoria do órgão, pelo 135, de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Se o segurado não mora no Brasil ou está viajando em outro país, é possível preencher um formulário, no site do INSS, e enviar a documentação pelos Correios. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo email: dca inter@inss.gov.br.
Em julho de 2019, o INSS disse que iniciaria testes para que a prova de vida fosse feita pelo aplicativo de celular do órgão. Na ocasião, o INSS disse que a tecnologia seria implantada em 2020.

Procurado, INSS não informou o número atualizado de benefícios suspensos nem como está a proposta de utilizar nova tecnologia.

Sistema MEU INSS com cara nova em 2020 para beneficiários

To Top