S&P 500 caminha para pior primeiro trimestre desde 1938
Economia

S&P 500 caminha para pior primeiro trimestre desde 1938

Por Uday Sampath Kumar e Medha Singh

(Reuters) – As bolsas de valores dos Estados Unidos se estabilizavam nesta terça-feira, ao final do pior primeiro trimestre do S&P 500 desde 1938, em meio a evidências crescentes dos danos em larga escala causados pelo colapso dos preços do petróleo e da atividade empresarial como consequência do coronavírus.

Os setores imobiliário, de serviços públicos e produtos básicos para consumo –comumente considerados defensivos– lideravam as quedas após uma recuperação provocada por caçadores de pechinchas em busca de ações que provavelmente resistiriam a uma crise econômica.

Outro dia de ganhos para Facebook, Amazon.com, Apple, Netflix e Alphabet –o grupo FAANG– ajudava o Nasdaq a saltar 1% nesta terça-feira.

“As ações estão em uma corrida louca… (e) não surpreendentemente, os investidores estão divididos entre estender ou apagar o atual rali”, disse Jonathan Golub, estrategista-chefe de ações dos EUA na Credit Suisse Securities.

Às 12:16 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,39%, a 22.415 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,192641%, a 2.622 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,95%, a 7.848 pontos.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG2U1RW-BASEIMAGE

To Top