Estado de Nova York registra mais 779 mortes, mas diz que distanciamento social funciona
Destaque

Estado de Nova York registra mais 779 mortes, mas diz que distanciamento social funciona

portalmixvaleultimasnoticias1200 (1)

Por Nathan Layne e Maria Caspani

(Reuters) – Os esforços de distanciamento social em Nova York estão funcionando para manter o surto do coronavírus sob controle, apesar de o Estado ter relatado novas 779 mortes, uma alta recorde pelo segundo dia, disse o governador Andrew Cuomo nesta quarta-feira.

Cuomo, que emergiu como uma voz de expressão nacional em meio ao surto, disse que nunca acreditou que voltaria a testemunhar um desastre da escala dos ataques de 11 de setembro de 2001 e descreveu o número de mortes crescente como “quase inimaginável para mim”.

O governador admitiu existir uma “possibilidade muito real” de os falecimentos em Nova York estarem sendo subestimados por haver pessoas morrendo em casa, e pediu a preservação do fechamento de negócios e outras medidas de distanciamento social.

Cuomo determinou que todas as bandeiras fossem hasteadas a meio mastro no Estado, onde 6.268 pessoas já morreram da Covid-19, a doença respiratória causada pelo novo coronavírus, o que representa quase a metade dos óbitos nos Estados Unidos.

“Não comecem a fazer uma retrospectiva como se tivesse acabado”, pediu Cuomo em um briefing diário. “Ainda não atravessamos isso. Não acabou.”

O governador sublinhou a queda de novas hospitalizações na terça-feira, que recuaram das 656 do dia anterior para 586, e outros dados como indícios de que Nova York está “virando a curva” e começando a ter algum controle do índice de infecções.

Mas ele alertou que o número de mortes continuará no nível atual nos próximos dias, se não aumentar, à medida que as pessoas hospitalizadas mais de uma semana atrás e respirando por aparelhos falecerem.

(Por Nathan Layne em Wilton, Connecticut, Maria Caspani em Nov York E Stephanie Kelly em Maplewood, Nova Jersey)

tagreuters.com2020binary_LYNXNPEG370IJ-BASEIMAGE

To Top