Preço da energia no mercado de curto prazo fica no piso para 3ª semana de abril
Economia

Preço da energia no mercado de curto prazo fica no piso para 3ª semana de abril

portalmixvaleultimasnoticias1200 1

SÃO PAULO (Reuters) – O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) no cálculo para o período de 11 a 17 de abril manteve-se no piso de 39,68 reais por MWh em todos os submercados, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) nesta quinta-feira.

“O principal fator responsável por manter o PLD no valor mínimo regulatório foi a manutenção das expectativas de afluências para o Sistema Interligado Nacional (SIN), aliada à uma nova redução da expectativa de carga nos subsistemas Sudeste e Sul”, disse a CCEE, em referência à baixa demanda em tempos de coronavírus.

O PLD é o preço de referência do mercado de curto prazo, utilizado para precificar o que foi gerado e o que foi consumido de energia elétrica por todos os participantes do mercado –que operam no âmbito da CCEE.

A expectativa da CCEE para a próxima semana operativa é de que a carga para o SIN fique cerca de 566 MW médios mais baixa que a previsão realizada na semana anterior, com queda no Sudeste (-366 MW médios) e no Sul (-400 MW médios).

O Nordeste tem previsão de elevar a carga em 200 MW médios, enquanto o Norte mantém a expectativa anterior.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 1.110 MW médios abaixo do esperado, disse a câmara.

“O Sul foi o único a verificar aumento (199 MW médios) em relação a previsão. Os níveis estão mais baixos que os esperados nos submercados Sudeste (-817 MW médios), Nordeste (-103 MW médios) e Norte (-389 MW médios)”, afirmou em nota.

Segundo a CCEE, espera-se que as afluências de abril de 2020 fechem em torno de 87% da média de longo termo (MLT) para o sistema, sendo aproximadamente 85% na região Sudeste, 92% no Nordeste, 107% no Norte e 21% na região Sul.

(Por Nayara Figueiredo)

tagreuters.com2020binary_LYNXNPEG382HO-BASEIMAGE

To Top