Trânsito aumenta em capitais brasileiras, em meio a embates sobre quarentena
Últimas Notícias

Trânsito aumenta em capitais brasileiras, em meio a embates sobre quarentena

portalmixvaleultimasnoticias1200 (1)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em meio a uma falta de consenso dentro do próprio governo federal se o isolamento social deve seguir firme para combater a Covid-19, muitas pessoas parecem já se sentirem mais seguras para saírem de casa. Levantamento feito pela Folha de S.Pauo mostra que houve aumento no trânsito em seis de nove capitais brasileiras nesta semana.
Em São Paulo, por exemplo, no período entre segunda (30/3) e quarta (1/4) da semana passada, o tráfego estava 71% inferior ao mesmo período do ano anterior. Nesta semana, a redução foi menor, de 67% (média dos três dias).
Salvador é a capital com a maior variação. Na semana passada, o trânsito estava 56% inferior ao mesmo período de 2019. Nesta semana, a redução foi de apenas 44%.
No Rio, a redução no trânsito havia sido de 67% na semana passada; agora foi de apenas 57%.
Curitiba manteve a redução da semana anterior (59%). Em Fortaleza e Belo Horizonte, na contramão das demais capitais, a redução no tráfego foi maior nesta semana, ainda que levemente.
Os dados foram obtidos a partir do serviço TomTom, empresa da área de tecnologia de localização, que informa a movimentação nas nove cidades brasileiras.
Na capital paulista, a prefeitura também já notou aumento no volume de passageiros em ônibus nesta semana.
Há no país discussão se o isolamento social, forçado pelo fechamento do comércio e escolas, deve seguir por mais tempo.
Defensores da medida, como o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, entendem que a propagação do novo coronavírus é ainda incerta, e o sistema de saúde não está pronto para aumento repentino de internações.
Já o presidente Jair Bolsonaro defende que a medida está acabando com a economia. Para ele, o remédio pode estar mais forte que a doença, e o movimento deveria ser retomado, mesmo que parcialmente. Disse também que “ninguém aguenta mais” ficar em casa.
Mandetta e Bolsonaro simbolizam discussão que está em todo o país. Governadores como João Doria (PSDB-SP) e Flavio Dino (PC do B-MA) têm defendido a manutenção do isolamento social. Outros se mostram mais abertos a diminuir as restrições, como o governador de Roraima, Antonio Denarium (sem partido).
As medidas de restrição são determinadas por governadores e prefeitos, mas eles recebem pressão política do governo federal.
Outros países A variação no tráfego em outros países não está seguindo um padrão. Na América do Sul, por exemplo, o trânsito diminuiu em Lima (Peru) nesta semana (93% de redução, ante 88% na semana passada).
Mas em Santiago (Chile), o tráfego aumentou (redução de 59% nesta semana, ante 61% na semana anterior).
Roma manteve a queda no tráfego da semana passada (redução de 78%).
Em Pequim o tráfego aumentou (redução de 48% nesta semana, ante 57% na semana passada).

To Top