Isolamento social potencializa dependência de tecnologia, mas há vantagens
Últimas Notícias

Isolamento social potencializa dependência de tecnologia, mas há vantagens

portalmixvalegoogle

O ser humano já tem se tornado cada vez mais dependente da tecnologia. Ela está presente em nosso dia a dia, muito mais freqüente do que imaginamos. É simples: uma simples queda do sinal de internet ou da energia elétrica já é suficiente para nos deixar perdidos por um tempo.

E com esse isolamento social, a dependência está crescendo cada vez mais. Estamos mais em casa, então necessitamos mais de compras on-line, videochamadas com a família ou para o trabalho, além de utilizarmos de serviços de streaming de vídeos, músicas e cursos virtuais.

Sempre ouvimos o quanto a tecnologia tende a afastar as pessoas, vivemos um período em que isso é justamente o inverso: a tecnologia é uma peça fundamental para nos manter próximos.

Imagem Pixabay

Como será o mundo pós-quarentena?

Essa dependência tecnológica também traz uma série de reflexões para o período pós-quarentena. As empresas que não pensavam no home office como um modelo plausível de trabalho podem começar a adotar, os consumidores podem cada vez mais utilizarem da compra on-line, além de serviços de delivery ou aplicativos de carona para fugir do estresse do transporte público.

Essa crise não irá criar tendências tecnológicas, e sim acelerar um movimento que já existe de dependência tecnológica. A quarentena está fazendo com que o processo de integração a tecnologia se acelere, fazendo com que as pessoas que não eram acostumadas a utilizarem de compras pela internet, trabalho remoto e outras facilidades, aproveite os benefícios que a tecnologia pode oferecer.

Os serviços de entrega e de economia compartilhada, como o Rappi, o Uber, o iFood e afins, têm cada vez mais a tendência de crescimento. No caso da quarentena, o delivery não só é cômodo como mais seguro, se o estabelecimento, entregador e cliente tomarem os cuidados necessários.

Após a quarentena, esses serviços terão conquistados clientes que começaram a usufruir de sua praticidade durante o isolamento, e adquiriram esse hábito para a vida.

Desfrutando das vantagens da tecnologia na quarentena

Imagem: Pixabay

A tecnologia, porém, vem nos proporcionando continuar com algumas tarefas da nossa rotina. Permite trabalhar de forma remota, fazendo reuniões por videoconferências, permite continuar se exercitando com aulas on-line das diversas modalidades físicas, em que os professores vêm se adaptando para criar formas de se exercitar dentro de casa.

Com ela também podemos continuar estudando ou aprender novas coisas, são milhares de sites oferecendo cursos on-line gratuitos de diversos segmentos. É a hora de potencializar seu desenvolvimento pessoal e profissional aprendendo coisas novas, seja na sua área ou em outra completamente diferente, para agregar mais conhecimento.

Aprender um novo idioma optando por um curso Babbel de francês, inglês, francês, italiano e outras línguas é poder inovar e deixar o currículo com diferencial. Caso você tenha interesse em aprender uma das línguas mais faladas do mundo, o curso de língua espanhola pode ser uma excelente escolha.

Aprofundar-se mais em um determinado assunto de sua profissão, atualizar-se das novas tendências e novas formas de fazer tarefas corriqueiras, tudo isso pode fazer a diferença na sua carreira.

Esse conhecimento pode ser adquirido no conforto e segurança da sua casa graças à tecnologia.

A tecnologia também aproxima as pessoas

Durante o isolamento social, a tecnologia é a principal, e às vezes única, forma de contatar com os amigos e familiares de forma segura. As redes sociais registraram aumento nos usuários, além das pessoas passarem a usar cada vez mais os aplicativos de mensagens e de videochamada.

O entretenimento também chega às nossas casas graças a tecnologia. São milhões de opções em catálogo nos serviços de streaming entre filmes, séries, músicas, livros, vídeos e programas de TV. Os músicos, impedidos de se apresentarem nos palcos, se apresentam na internet, interagindo com o público e contribuindo para arrecadações destinadas a diversos fins.

Os artistas em geral tomaram ainda mais as redes sociais com conteúdo que varia do puramente para entreter até conteúdos informativos sobre a pandemia, sobre a quarentena, ou sobre o assunto de sua especialidade.

Tecnologia ajuda as pessoas se manterem ativas

Durante a quarentena é bastante comum que algumas pessoas fiquem sedentárias, já que as academias estão fechadas. Mas, para aqueles que querem manter o ritmo, a tecnologia abre portas.

Existem muitas opções para quem deseja cuidar da saúde do corpo, por meio de exercícios físicos. São diversos professores e personal trainers que dão suas aulas por meio de aplicativos.

Com isso, ajuda tanto os alunos a se manterem sempre ativos, quanto evitam de perdê-los e, assim, ficar sem o valor da mensalidade, o que os mantêm dentro do orçamento.

Com a tecnologia, as pessoas vão mais longe

E para aqueles que adoram visitar lugares novos, por meio dos tours virtuais, é possível conhecer muitos destinos e seus atrativos. São opções de visitar museus on-line, paisagens, galerias, praias, entre outros lugares.

Ou seja, a tecnologia ajuda a tornar a quarentena menos entediante. Afinal, há muito o que ver do mundo pela tela do computador, celular ou notebook e outros dispositivos. Na quarentena, a tecnologia nos mantém informados, próximos, ocupados e nos mantém ativos.

To Top