Coronavírus tira milhares de aposentados de sistema da Previdência espanhola
Europe

Coronavírus tira milhares de aposentados de sistema da Previdência espanhola

portalmixvalegoogle

MADRI (Reuters) – Coronavírus tira milhares de aposentados de sistema da Previdência espanhola. Cerca de 30 mil pensionistas a mais desapareceram do sistema previdenciário da Espanha nos quatro primeiros meses deste ano na comparação com 2019, devido ao impacto do coronavírus no país, informou o Ministério do Trabalho nesta terça-feira.

Um total de 205.638 pensionistas deixou as folhas de pagamento estatais entre janeiro e abril de 2020, mostraram dados do ministério.

A pasta atribui o número maior em parte à epidemia de coronavírus

“Temos que levar em conta como a pandemia de Covid-19 influencia a taxa de mortalidade da população geral e, acima de tudo, os idosos”, disse o ministério em um comunicado.

O valor total foi de 30 mil pessoas a mais do que no mesmo período do ano passado, e 25 mil mais do que a média entre 2015 e 2019, de acordo com os dados ministeriais.

A Espanha é um dos países mais atingidos da Europa, já tendo registrado quase 30 mil mortes causadas pelo coronavírus.

Autoridades disseram que mais de 80% das vítimas da doença são pessoas de 70 anos ou mais.

As estatísticas sobre pensionistas estatais incluem aposentados, viúvas e órfãos. Geralmente, cerca de 90% dos que saem do sistema são pessoas aposentadas ou enviuvadas que faleceram.

Ao mesmo tempo, menos pensionistas se registraram no sistema durante o período, mas a pasta atribuiu este fato principalmente ao isolamento, que levou ao fechamento das agências da Previdência no país.

(Por Inti Landauro e Belén Carreño)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG4P1JE-BASEIMAGE
To Top