Rússia não se opõe à antecipação de reunião da Opep+
Economy

Rússia não se opõe à antecipação de reunião da Opep+

MOSCOU/LONDRES (Reuters) – A Rússia não se opõe à antecipação da próxima reunião da Opep e seus aliados, conhecida como Opep+, para o próximo dia 4 de junho, disseram à Reuters três fontes familiarizadas com os preparativos da reunião.

A Argélia, que atualmente ocupa a presidência da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), propôs a antecipação da reunião inicialmente prevista para os dias 9 e 10 de junho para facilitar a venda de petróleo para países como Arábia Saudita, Iraque e Kuwait.

A falta de oposição da Rússia à antecipação da reunião pode indicar que está se aproximando de um acordo com o líder de fato da Opep, a Arábia Saudita, sobre como prorrogar os cortes na produção de petróleo pelo resto do ano.

A Opep+ decidiu em abril reduzir a produção em 9,7 milhões de barris por dia, ou cerca de 10% da produção global, para elevar os preços afetados pela queda na demanda por conta de medidas de bloqueio para impedir a propagação do coronavírus.

To Top