Preços do petróleo operam estáveis com Opep+ avaliando prorrogar cortes
Economy

Preços do petróleo operam estáveis com Opep+ avaliando prorrogar cortes

portalmixvalenoticias

Por Bozorgmehr Sharafedin

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo operavam estáveis nesta segunda-feira, ajudados por notícias de que a Opep e a Rússia estariam mais perto de um acordo para prorrogar cortes de produção, mas com ganhos contidos pela renovada tensão entre Estados Unidos e China.

O petróleo Brent subia 0,18 dólar, ou 0,48%, a 38,02 dólares por barril, às 8:38 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,11 dólar, ou 0,31%, a 35,38 dólares por barril.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a Rússia, que são parte de um grupo conhecido como Opep+, têm se aproximado de um compromisso para prorrogar a duração de cortes de oferta, discutindo uma extensão de um ou dois meses, disseram fontes da Opep+ à Reuters.

A Argélia, que está com a presidência da Opep, que é rotativa, propôs que a Opep+ faça uma reunião em 4 de junho ao invés de entre 9 e 10 de junho como planejado. A Rússia disse que não tem objeção à antecipação do encontro.

“O fato de que os preços do petróleo não estão reagindo muito às notícias de eventual prorrogação dos cortes pode ser visto como um sinal de que o mercado já havia precificado um monte de otimismo”, disseram analistas da JBS Energy em nota.

Tensões entre China e EUA também incentivavam alguma cautela, após o governo chinês ter dito que iria retaliar movimentos dos EUA sobre Hong Kong.

A China pediu a estatais que suspendam algumas compras de produtos agrícolas norte-americanos, incluindo soja, segundo fontes.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG50219-BASEIMAGE

To Top