Para manter benefício do INSS ativo Aposentado vai fazer 'selfie'
Benefícios

Para manter benefício do INSS ativo Aposentado vai fazer ‘selfie’

aposentadoria pelo inss

Para manter benefício do INSS ativo Aposentado vai fazer ‘selfie’. O INSS deverá iniciar em agosto uma nova etapa de testes para que aposentados e pensionistas passem a realizar a prova de vida anual sem a necessidade de ir a uma agência bancária. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Isso será possível devido à tecnologia de reconhecimento facial, pela qual o beneficiário pode fazer um autorretrato com o telefone celular e submeter a fotografia à verificação de um programa de computador.

Em agosto do ano passado, o INSS já havia anunciado que testaria a biometria (estudo das características únicas de cada indivíduo) para substituir a prova de vida tradicional. Desta vez, o órgão promete um projeto-piloto que envolverá 550 mil beneficiários.

INSS alerta para golpe na previdência social(Abre numa nova aba do navegador)

O INSS não deu mais detalhes sobre o projeto.

Uma das formas de garantir o reconhecimento dos beneficiários seria a comparação com imagens já cadastradas nos bancos de dados do governo, como no caso de segurados que possuem a versão digital da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Existem, porém, ao menos outras duas formas de realizar essa verificação, segundo Danny Kabiljo, sócio-fundador da FullFace, empresa especializada em reconhecimento facial.

MEI e o Auxílio Maternidade: É possível receber do INSS?(Abre numa nova aba do navegador)

Uma das possibilidades é solicitar que o cidadão vá ao menos uma vez a um órgão público ou a uma agência bancária para ter a sua imagem registrada.
“A tecnologia que utilizamos faz um mapa com mais de mil pontos da estrutura óssea do rosto, o que garante o reconhecimento mesmo como o envelhecimento”, diz Kabiljo.

Volta os processos de emissão da CNH no Detran(Abre numa nova aba do navegador)

Há, no entanto, a oportunidade de realizar todo o procedimento de cadastramento a distância. “É possível criar uma mesa de análises, onde, com a ajuda do programa, funcionários fazem um cara-crachá: comparam a selfie enviada pelo usuário com fotos de documentos oficiais”, explica.

To Top