Pagamento do Auxílio Emergencial com o NIS 7 de quem recebe o Bolsa família: Acompanhe
Auxílio Emergencial

Pagamento do Auxílio Emergencial com o NIS 7 de quem recebe o Bolsa família: Acompanhe

INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado

Bolsa Família: Pagamento do Auxílio Emergencial com o NIS. Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) de final 7 recebem, nesta terça-feira (dia 28), a quarta parcela do auxílio emergencial no valor de R$ 600 ou R$ 1.200 (para as mães chefes de família). O saque pode ser feito com o com cartão original do programa. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Caixa Econômica Federal, responsável pelo pagamento do benefício, encerrará esse calendário no próximo dia 31, para aqueles com NIS de final 0.

Veja as datas da 4ª parcela

NIS com final 1 – 20 de julho

NIS com final 2 – 21 de julho

NIS com final 3 – 22 de julho

NIS com final 4 – 23 de julho

NIS com final 5 – 24 de julho

Saiba para quem é destinado o benefício Bolsa Família do Governo(Abre numa nova aba do navegador)

NIS com final 6 – 27 de julho

NIS com final 7 – 28 de julho

NIS com final 8 – 29 de julho

NIS com final 9 – 30 de julho

NIS com final 0 – 31 de julho

Segundo o Ministério da Cidadania, em junho, a folha de pagamento do programa social atingiu a marca 14,283 milhões de famílias atendidas, das quais mais de 13,6 milhões receberam o auxílio emergencial.

Golpe oferece material escolar de graça para integrantes do Bolsa Família(Abre numa nova aba do navegador)

Outras 650 mil famílias permaneceram na folha de pagamento regular do programa — por terem benefício maior do que a ajuda dada pelo governo em razão da pandemia.

Mais tempo para sacar o dinheiro

Na semana passada, o governo federal decidiu prorrogar o prazo de validade dos benefícios do Bolsa Família, em razão da pandemia. Com isso, os beneficiários ganham mais tempo para sacar o dinheiro. A possibilidade de saque, portanto, vai durar enquanto estiver em vigor o estado de calamidade pública nacional, em decorrência do coronavírus. Por isso, não é preciso correr para fazer a retirada.

Antes, o dinheiro ficava disponível por até 90 dias. Após esse prazo, se não fosse retirada, a quantia retornava para os cofres públicos.

Como ficou a prorrogação no Bolsa Família(Abre numa nova aba do navegador)

“A prorrogação vale para todas as parcelas do Bolsa Família pagas que ainda estejam válidas, segundo o calendário de pagamentos e o calendário operacional do programa”, informou o Ministério da Cidadania, acrescentando que o objetivo é evitar aglomerações e formação de filas nas agências da Caixa Econômica Federal, nas casas lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, que são pagadores do benefício.

To Top