Cliente ameaça dona de sorveteria após ser repreendido por uso errado de máscara
Últimas Notícias

Cliente ameaça dona de sorveteria após ser repreendido por uso errado de máscara

portalmixvalenoticias

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Vídeos feitos por clientes em uma sorveteria de Campinas (93 km de SP) mostram um homem ofendendo e ameaçando a dona do estabelecimento e quebrando objetos da loja. Segundo a comerciante, o rapaz se descontrolou depois que ela exigiu que ele usasse a máscara corretamente. A polícia investiga o caso.

Nas redes sociais e em entrevista à TV Globo, o homem, identificado como Rodrigo Ferronato, diz ter sido agredido antes.

Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale e fique por dentro de mais notícias.

Um cliente que estava no estabelecimento gravou a confusão. Com a máscara no queixo, Ferronato aparece discutindo com a lojista, depois chuta um cone que estava na porta do estabelecimento. No vídeo, é possível ouvir o homem xingando a comerciante.

“Fala um ‘a’ para você ver o que você vai arrumar. Está achando que é comédia aqui?”, diz Ferronato no vídeo, além de proferir xingamentos.

Segundo a proprietária da sorveteria que fica no bairro Flamboyant, isso nunca havia acontecido com nenhum outro cliente, e nem mesmo com Ferronato, que, segundo ela, já era um cliente da loja.

“Quando a gente pede [para arrumar a máscara] as pessoas já corrigem. Não ocorre esse descontrole, porque foi um descontrole. Eu pedi que ele ajeitasse a dele, que estava para baixo do nariz. Ele me respondeu ‘apenas cobra’. Foi aí que eu decidi que não iria mais vender o produto pra ele”, conta.

Ela afirma que fez um boletim de ocorrência sobre o caso e que seu advogado forneceu as imagens internas da loja para a polícia. A lojista também pretende processar Ferronato.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, gestão João Doria (PSDB), após tomar conhecimento das imagens, o 4ºDP de Campinas abriu um inquérito policial de descumprimento de medida sanitária para apurar os fatos.

De acordo com a pasta, a “unidade busca contato com a vítima para levantar detalhes e testemunhas do ocorrido e orientá-la quanto as medidas”.

A reportagem não conseguiu contato com Rodrigo Ferronato e nem com o advogado dele até a publicação deste texto, que será atualizado para incluir a resposta, caso se pronuncie.

Em um vídeo publicado em uma rede social, Ferronato afirma que as imagens que estão circulando são apenas uma parte do que ocorreu. Ele admite ter errado ao chutar a cadeira, mas afirma que foi o seu único erro. Segundo ele, existe um outro vídeo que mostra que ele foi agredido primeiro pela mulher, recebendo socos e tapas no braço. A comerciante nega.

Em entrevista à EPTV, a afiliada da TV Globo, Ferronato reconhece, no entanto, que teve uma reação exagerada. “Acho que esse tipo de atitude minha eu poderia não ter feito. Eu deveria ter engolido a minha raiva e ter saído da sorveteria e procurado os meios legais para me defender e cobrar do jeito que deveria cobrar.”

Ainda em entrevista à emissora, Ferronato afirma que a máscara que utilizava cobria tanto o nariz quanto a boca. “Foi uma agressão totalmente descabida […] Eu acho que a medida que eu fiz foi extravasar minha raiva e não agredir ela. Ela me agrediu, ela me bateu, e eu não fiz isso com ela. Por que eu apanhei? Essa é a pergunta,” diz Ferronato.

To Top