Australiana Ash Barty permanecerá como número um do tênis em 2020
Asia

Australiana Ash Barty permanecerá como número um do tênis em 2020

Australiana Ash Barty permanecerá como número um do tênis em 2020

MELBOURNE (Reuters) – Em um sinal da turbulência do tênis neste ano, a australiana Ash Barty continuará sendo a número um do mundo no final do ano, apesar de ter ignorado dois Grand Slams e de não disputar uma partida desde fevereiro.

A surpreendente derrota de Simona Halep, número dois do mundo, na quarta rodada do Aberto da França diante da adolescente polonesa Iga Swiatek, no domingo, garantiu que Barty seguirá para a segunda temporada consecutiva na liderança.

Barty, de 24 anos, chegou às semifinais do Aberto da Austrália em janeiro, mas desistiu do Aberto dos Estados Unidos e da defesa do título no Aberto da França alegando falta de preparação.

A tenista, no entanto, tem aproveitado o tempo de folga na terra natal.

Enquanto suas rivais lutavam por uma vaga na segunda semana em Roland Garros na sexta-feira, Barty estava no estádio Gabba, torcendo por seu querido time de futebol australiano Richmond Tigers.

Imagens de Barty se levantando no meio da multidão e erguendo o punho enquanto segurava um copo de cerveja na outra mão se espalharam nas redes sociais na Austrália, onde os torcedores a aclamavam como um “verdadeiro ícone”.

“Como não amar Ash Barty”, tuitou um jornalista de futebol local. “Aberto da França ocorrendo e cerveja na mão no futebol. A melhor.”

(Reportagem de Ian Ransom)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG941NQ-BASEIMAGE

To Top