Embarques de trigo da França caem para mínima recorde em setembro
Africa

Embarques de trigo da França caem para mínima recorde em setembro

Embarques de trigo da França caem para mínima recorde em setembro

Por Forrest Crellin

PARIS (Reuters) – Os embarques de trigo da França para países fora da União Europeia em setembro recuaram ao menor nível mensal nos últimos 11 anos, com as atividades impactadas por uma safra ruim, de acordo com uma estimativa inicial com base em dados da Refinitiv.

As exportações de trigo “soft” francês para destinos fora da UE totalizou 166 mil toneladas em setembro, terceiro mês da safra 2020/21, de acordo com dados de embarques da Refinitiv.

Esse foi o menor volume mensal registrado nos dados da Refinitiv, que começam na temporada 2009/10, com apenas nove navios carregando trigo francês ao longo do mês.

Cuba foi o principal importador de trigo da França fora da UE, com 44 mil toneladas, em dado bem diferente do mês anterior, quando 255 mil toneladas foram enviadas à China.

A Argélia, geralmente o maior mercado para o trigo francês, não recebeu embarques em setembro.

A expectativa de colheita afetada pelo clima levou a agência agrícola FranceAgriMer a reduzir sua previsão para as exportações francesas de trigo 2020/21 fora da UE para 6,6 milhões de toneladas, menos da metade do volume recorde da última temporada, de 13,5 milhões.

Para as exportações por via marítima dentro da UE e para a Grã-Bretanha, os embarques de trigo francês no mês passado foram de 52 mil toneladas. A maior parte dos grãos franceses exportados dentro da UE é transportada por rotas não marítimas.

Os embarques totais de grãos para todos os destinos a partir dos portos franceses – incluindo cevada, cevada para malte, milho e trigo “duro” – chegaram a 717 mil toneladas, mínima em quatro anos para um mês de setembro.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG941OT-BASEIMAGE

To Top