Beneficiário pode corrigir informações erradas do CNIS para dar entrada no INSS?

aposentadoria por idade inss
aposentadoria por idade inss

Beneficiário pode corrigir informações erradas do CNIS para dar entrada no INSS? Quem está pensando em se aposentar tem que começar a organizar a papelada pelo menos três anos antes, orienta o especialista em Previdência, Hilário Bocchi Júniorar

Este é o tempo que normalmente se leva para arrumar situações que estão pendentes e que podem atrasar a análise do processo de aposentadoria, ou seja, tirar dinheiro do bolso do trabalhador.

O CNIS pode estar errado

A aposentadoria é reflexo do banco de dados do INSS: o CNIS, que é o Cadastro Nacional de Informações Sociais. Se as informações estiverem erradas, o benefício pode ser negado ou aprovado com valor menor.

Segundo Bocchi Júnior, o trabalhador já aprendeu que ele deve começar a planejar sua aposentadoria com base no CNIS, mas as informações que estão neste extrato podem ser alteradas pela Previdência, e isso gera insegurança.

“No rodapé deste documento, a Previdência deixa isso claro: ‘o INSS poderá rever a qualquer tempo as informações constantes deste extrato'”, diz.

Simulação de aposentadoria no site

Outro caminho a ser seguido é a simulação do tempo de serviço na calculadora do INSS.

Neste aplicativo, o segurado também não vai ter a segurança que ele procura, porque nesta simulação de tempo de serviço, a Previdência coloca a seguinte mensagem: “Ao solicitar o benefício, o INSS pode pedir que você apresente documentos para comprovação dos períodos trabalhados/contribuídos”.

Seis dicas para quem não quer errar na hora da aposentadoria

CNIS do INSS
CNIS do INSS

  1. Comece pegando o CNIS no site do INSS.
  2. Verifique os erros e corrija o CNIS. A Previdência pode alterar este extrato, você também pode.
  3. Faça uma simulação do tempo de serviço para responder a duas perguntas: “quando eu vou me aposentar”? e “quais são as regras de transição que podem me beneficiar”?
  4. Confira os salários que entrarão no cálculo do benefício (de julho/1994 até o dia da aposentadoria) e veja se eles estão certos, senão sua aposentadoria vai ser calculada errada.
  5. Defina o dia certo para se aposentar para não perder nenhuma vantagem.
  6. Defina como e quanto irá pagar de contribuição até chegar o dia certo da aposentadoria.

Especialista em Previdência Social – Hilário Bocchi Junior

Rua Amador Bueno, 774 | 14010-070 | Centro | Ribeirão Preto/SP –
Cortesia da empresa de Educação Previdenciária Aposentfácil.
www.aposentfacil.com.br