Líder norte-coreano promete milhares de casas ao lançar iniciativa econômica

Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, duerante inspeção a local reconstrução em Kimhwa

Por Sangmi Cha e Josh Smith

SEUL (Reuters) – O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, prometeu construir ao menos 25 mil casas novas nos próximos cinco anos, e cidadãos estão iniciando uma campanha de 80 dias para alcançar metas econômicas apesar das crises crescentes, noticiou a mídia estatal nesta quarta-feira.

A Coreia do Norte está tendo um ano difícil, já que foi abalada por tufões em cidades pequenas, sanções internacionais e o impacto das medidas anti-coronavírus, apesar de não relatar infecções –o que causou descrença em autoridades dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

Visitando uma das áreas mais atingidas pelos tufões recentes, Kim lamentou as casas de décadas de existência que foram destruídas e exortou os militares a conceberem um plano de construção mais ambicioso, disse a agência de notícias estatal KCNA.

No final de semana, Kim pareceu ter derrubado lágrimas ao agradecer cidadãos por seus sacrifícios, a demonstração mais explícita de como ele conta com sua imagem de “homem do povo” para lidar com as crises.

Na semana passada, Kim exortou a Coreia do Norte a iniciar uma campanha “veloz” de 80 dias para atingir metas econômicas antes de um congresso de janeiro que decidirá um novo plano quinquenal.

“Trabalhadores de todos os setores e unidades da economia nacional estão participando da campanha total”, relatou a KCNA nesta quarta-feira. Segundo a mídia estatal, os militares já cumpriram mais da metade da meta de erguer 2.300 moradias na província de Hamgyong do Sul, a nordeste da capital Pyongyang.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9D1A9-BASEIMAGE