Lucro do Bank of America recua em aumento de provisões

.

(Reuters) – O Bank of America <BAC.N> teve uma queda de 15,8% no lucro trimestral, atingido por maiores provisões para perdas com crédito e um declínio no desempenho de três de seus quatro principais segmentos, conforme dados divulgados nesta quarta-feira.

O segundo maior banco dos Estados Unidos em ativos provisionou 1,4 bilhão de dólares para cobrir perdas com empréstimos, em comparação com quase 800 milhões de dólares um ano antes, conforma pandemia de Covid-19 atingiu a economia.

A margem financeira (NII), uma medida-chave de quanto os bancos podem ganhar com suas atividades de empréstimo, caiu 17%, para 10,1 bilhões de dólares no terceiro trimestre.

O lucro líquido aplicável aos acionistas ordinários caiu para 4,44 bilhões de dólares, ou 0,51 dólar por ação, no trimestre encerrado em 30 de setembro, de 5,27 bilhões de dólares, ou 0,56 dólar por ação, um ano antes.

Os analistas esperavam um lucro de 0,49 dólar por ação, de acordo com dados do IBES da Refinitiv. Não ficou imediatamente claro se as estimativas eram comparáveis.

A receita caiu 11%, para 20,34 bilhões de dólares.

(Reportagem de Niket Nishant em Bengaluru e Imani Moise em Nova York)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9D12H-BASEIMAGE