Esperanças de vacina e balanços positivos impulsionam ações europeias

(Blank Headline Received)

Por Sagarika Jaisinghani

(Reuters) – As ações europeias saltaram nesta sexta-feira em meio a esperanças de que uma vacina para o novo coronavírus possa estar disponível nos Estados Unidos antes do final do ano, com uma série de balanços trimestrais otimistas também colaborando para o clima positivo após uma semana intensa.

A Pfizer disse que pode solicitar autorização dos EUA para sua vacina contra a Covid-19 que está desenvolvendo com a parceira alemã BioNTech já em novembro.

As notícias impulsionaram os mercados de ações globais e ajudaram a levantar o STOXX 600. O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,31%, a 1.422 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,26%, a 367 pontos, sua melhor sessão em quase três semanas.

O índice de referência, no entanto, terminou a sexta-feira com sua primeira queda semanal em três, já que um ressurgimento de casos de coronavírus em toda a Europa alimentou temores sobre mais lockdowns abrangentes. Londres e Paris, as duas cidades mais ricas da Europa, estão novamente vivendo sob a sombra de restrições impostas pelo governo.

“Isso aumenta o medo muito real de que o que é uma medida paliativa na verdade acabe sendo algo um pouco mais longo, o que poderia causar o colapso de centenas de empresas, bem como a dizimação de uma economia já frágil”, disse Michael Hewson, analista de mercado da CMC Markets.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,49%, a 5.919 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,62%, a 12.908 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,04%, a 4.935 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,70%, a 19.389 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,48%, a 6.849 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,79%, a 4.228 pontos.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9F1M8-BASEIMAGE