Preços do petróleo caem com estoques nos EUA alimentando temor de sobreoferta
Agro

Preços do petróleo caem com estoques nos EUA alimentando temor de sobreoferta

Por Noah Browning

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo recuavam nesta quarta-feira, revertendo ganhos do dia anterior após uma elevação os estoques e com o aumento nos casos de coronavírus nos Estados Unidos e na Europa, que geraram temores de um excesso de oferta e uma demanda mais fraca por combustíveis.

O petróleo Brent recuava 1,57 dólar, ou 3,81%, a 39,63 dólares por barril, às 8:20 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 1,84 dólar, ou 4,65%, a 37,73 dólares por barril.

Os estoques de petróleo e gasolina nos Estados Unidos subiram na semana passada, mostraram dados do Instituto Americano de Petróleo, com estoques de petróleo avançando em 4,6 milhões de barris, para 495,2 milhões de barris, bem acima das expectativas de analistas de aumento de 1,2 milhão de barris em pesquisa da Reuters.

“Com aumentos pesados de estoques nas manchetes dos números da API, não é de todo surpreendente que os preços estejam caindo nesta manhã, enquanto esperam os números oficiais da Administração de Informação de Energia (AIE) nesta tarde”, disse o analista do BNP Paribas, Harry Tchilinguirian.

Em paralelo, empresas de energia e portos na costa do Golfo dos EUA se preparavam na terça-feira para o furacão Zeta, que entrava no Golfo do México.

Enquanto isso, EUA, Rússia, França e outros países registravam números recordes de casos de Covid-19 nos últimos dias, com governos europeus introduzindo novas medidas restritivas para tentar conter o crescimento dos surtos.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9R1H9-BASEIMAGE

To Top