A esperança vai vencer os radicais no segundo turno', afirma Bruno Covas
Política

A esperança vai vencer os radicais no segundo turno’, afirma Bruno Covas

Em pronunciamento na noite deste domingo, o candidato Bruno Covas (PSDB) falou sobre sua chegada ao segundo turno das eleições na cidade de São Paulo, que ainda não está definido, mas deve ocorrer com o candidato do PSOL, Guilherme Boulos. “A esperança venceu os radicais no primeiro turno e a esperança vai vencer os radicais no segundo turno”, disse.

Com 57,77% das urnas apuradas, Covas tem 32,81% dos votos e é seguido por Boulos, com 20,35%. Segundo o atual prefeito, “São Paulo disse que quer experiência, quer continuar sonhando, com redução da desigualdade social, garantindo, através da responsabilidade fiscal, a justiça social”.

Covas adiantou a vitória no segundo turno, chegando até agora com “praticamente um terço dos votos”. “Agradeço a generosidade e o carinho com que todos os paulistanos e paulistanas me receberam em todo os cantos da cidade de São Paulo e a generosidade por terem me encaminhado ao segundo turno com essa vitória no primeiro turno”, afirmou.

“Isso só aumenta a nossa responsabilidade. Vemos um momento histórico difícil, uma crise social e uma crise econômica a ser vencida que não é exclusividade da cidade de São Paulo, e a cidade mostrou que quer alguém que possa ter a experiência para enfrentar esse grande desafio que nós temos à frente”, falou o prefeito, referindo à pandemia do novo coronavírus.

Covas afirmou que, aos 40 anos de idade, sente-se honrado e um privilegiado por “enfrentar o maior desafio” da vida dele, “que é ser prefeito da cidade de São Paulo”. “Me sinto preparado e tenho a convicção que da mesma forma que ganhamos no primeiro turno, vamos ganhar também no segundo turno.”

O prefeito agradeceu o apoio do governador de São Paulo, João Doria, e disse que “governar exige ter atitudes e coragem”. “Esse é nosso caminho, da ação e da responsabilidade.”

To Top