Países expressam preocupação com ação de China contra parlamentares de Hong Kong
Internacional

Países expressam preocupação com ação de China contra parlamentares de Hong Kong

Estados Unidos, Austrália, Canadá, Nova Zelândia e Reino Unido divulgaram, nesta quarta-feira, 18, comunicado conjunto em que expressam “sérias preocupações” em relação à imposição pela China de regras que desqualificam parlamentares pró-democracia em Hong Kong. Segundo a nota, as ações representam uma “clara violação” da lei internacional e minam a autonomia e a liberdade de expressão no território.

Na semana passada, Pequim anunciou a destituição de legisladores dissidentes sem autorização da Justiça. “Essa desqualificação parece ser parte de uma campanha coordenada para silenciar todas as vozes críticas, após o adiamento das eleições legislativas de setembro, a imposição de acusações contra vários parlamentares e ações para minara vibrante mídia de Honk Kong”, destacam os países.

No texto, o grupo exorta o governo chinês a respeitar os termos do acordo que, em 1998, transferiu o domínio do território do Reino Unido para o país asiático. “Instamos as autoridades centrais chinesas a reconsiderarem suas ações contra a legislatura eleita de Hong Kong e a imediatamente reinstalar os membros do Conselho Legislativo”, pede.

To Top