Com surto de covid-19 no elenco, Flamengo tem jogos adiados na Superliga Feminina
Esporte

Com surto de covid-19 no elenco, Flamengo tem jogos adiados na Superliga Feminina

Assim como vem acontecendo em alguns clubes de futebol, times de vôlei estão sendo atingidos por surtos de covid-19 em seus elencos. Nesta quinta-feira, a Superliga Feminina anunciou que os dois próximos jogos do Sesc RJ Flamengo – contra Curitiba Vôlei e Fluminense – foram adiados depois do resultado positivo em cinco jogadoras da equipe comandada pelo técnico Bernardinho.

Após realizar mais testes para detecção do novo coronavírus em seu elenco, o Sesc RJ Flamengo constatou dois novos casos entre suas jogadoras: Ana Cristina e Natinha. A jovem ponteira e a líbero se juntam à levantadora Fabíola, à meio de rede Roberta e à oposta Sabrina, que já haviam sido afastadas das atividades por testarem positivo no último final de semana.

Segundo o protocolo de jogo da Superliga 2020/2021, a equipe que apresentar quatro ou mais atletas com exames positivos poderá solicitar o adiamento da partida. Os times também poderão pedir a postergação de jogo se dois levantadores do plantel estiverem infectados. Após a divulgação dos casos, a direção do Sesc RJ Flamengo fez a solicitação.

Em comum acordo entre as equipes, os confrontos já têm novas datas, horários e locais. O jogo contra o Curitiba Vôlei, que seria realizado neste sábado, acontecerá no dia 15 de dezembro, às 21h30, no ginásio Colégio Positivo Jr., em Curitiba.

Já a partida contra o Fluminense, que aconteceria na próxima terça-feira, passou para o dia 8 de dezembro, às 19h30, no ginásio do Fluminense, no bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

To Top