Contribuição no INSS com erros atrapalham a liberação da aposentadoria
Benefícios

Contribuição no INSS com erros atrapalham a liberação da aposentadoria

Agências do INSS

Contribuição no INSS com erros atrapalham a liberação da aposentadoria. O aplicativo Meu INSS (App Store ou Google Play) não está atualizando a contagem do tempo de contribuição dos trabalhadores desde que a reforma da Previdência entrou em vigor, em 13 de novembro de 2019.

A página inicial do aplicativo traz, logo no topo, o tempo de contribuição do segurado contado em anos, meses e dias. Porém, durante duas semanas, a reportagem testou o aplicativo e constatou que o tempo de contribuição não foi alterado. A informação sobre o tempo de contribuição não aparece para quem entra no Meu INSS por meio do site, apenas para quem acessa as informações pelo aplicativo. É necessário fazer cadastro.

O INSS confirmou que a contagem de tempo está travada em 13 de novembro. O instituto diz que “na próxima versão do app Meu INSS, será inserido um texto alertando da condição.” A previsão é que a atualização aconteça em 28 de janeiro.

Segurados tampouco conseguem usar o simulador do Meu INSS para saber como seria a aposentadoria.

pensão por morte inss

Já no caso de Andréa Chen Sales Henckes, 48 anos, ela atingiu o direito de se aposentar pelo pedágio, mas o sistema do INSS nem a deixa pedir o benefício. O site do INSS apresenta um erro que a impede de fazer a solicitação. Andréa afirma que tentou diversas vezes pedir a aposentadoria pelo site Meu INSS. Ao finalizar o pedido, recebe a mensagem: “Ocorreu um erro na sua requisição. Tente novamente mais tarde.” Ela também tentou solicitar o benefício por telefone, no 135, mas os atendentes pedem para ligar mais tarde.

O INSS diz que o caso é pontual e vai verificar. (UOL)

To Top