Exposição em São Paulo celebra centenário de Jackson do Pandeiro
Últimas Notícias

Exposição em São Paulo celebra centenário de Jackson do Pandeiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A exposição “Jackson é Pop”, que encantou visitantes do Museu de Arte Popular da Paraíba, em Campina Grande, acaba de chegar a São Paulo. Celebrando o centenário de Jackson do Pandeiro (1919-1982), a mostra fica até o dia 13 de dezembro no Centro Cultural Santo Amaro (zona sul de São Paulo) e tem entrada gratuita.

São exibidos discos, fotos, uma linha do tempo, manuscritos de músicas –incluindo algumas canções censuradas durante a ditadura no Brasil– e, claro, um pandeiro usado pelo próprio Rei do Ritmo.

“Jackson falou sobre muitas coisas contemporâneas há 60 anos. Falou sobre transexualidade, igualdade de gênero e até corrupção no futebol já na década de 1960. Um artista muito vanguardista. A mostra é um encontro da obra de Jackson com seu povo”, diz Sandrinho Dupan, pesquisador de cultura nordestina e um dos curadores da exposição, em entrevista ao Agora.

A curadoria também é assinada por Fernando Moura, biógrafo de Jackson. “Esse acervo faz parte de uma pesquisa que já dura 25 anos e é resultado desses anos de trabalho com família, amigos e pesquisadores. Divulgar Jackson é divulgar a cultura e a música brasileira. Ele é a essência disso”, afirma Moura.

Com 435 músicas registradas oficialmente em 30 anos de carreira, Jackson do Pandeiro é dono de sucessos como “Cantiga do Sapo”, “Meu Enxoval”, “Sebastiana”, “O Canto da Ema”, “Cremilda” e “Chiclete com Banana”.

Além da mostra, que oferece visitas guiadas, o evento conta com oficinas de cordel, pandeiro e dança. Para o encerramento da exposição, em 13 de dezembro, está previsto um show da pernambucana Anastácia. A Rainha do Forró promete cantar clássicos e contar sobre sua vivência com Jackson do Pandeiro.

“O Jackson, com seu balanço peculiar e sua sabedoria, é uma das principais referências da música nordestina e eu acho muito importante que vejam o seu legado”, diz Anastácia.

O uso de máscara é obrigatório e há álcool em gel disponível em vários pontos do espaço.

‘Jackson é Pop – Centenário do Jackson do Pandeiro’

De ter. a dom., das 10h às 17h. No Centro Cultural Santo Amaro (av. João Dias, 822).

Tel. (11) 95901-5155.

Inscrição para as oficinas pelo site.

Grátis. L

ivre. Até 13/12.

To Top