juiz nega pedido de Trump para cancelar resultado da eleição na Pensilvânia
Internacional

juiz nega pedido de Trump para cancelar resultado da eleição na Pensilvânia

Um juiz federal de Williamsport, na Pensilvânia, recusou o pedido de liminar da campanha do presidente Donald Trump, para cancelar o resultado da eleição presidencial no Estado, que deu vitória a o democrata Joe Biden.

A decisão é mais uma derrota para o presidente republicano e torna cada vez mais difícil para Trump impedir que Biden assuma a cadeira de líder dos americanos. Autoridades da Pensilvânia devem certificar os resultados eleitorais que mostram vitória democrata com mais de 80 mil votos.

Na decisão, o juiz Matthew Brann afirma que a campanha de Trump apresentava “argumentos jurídicos sem mérito e acusações especulativas, sem suporte de evidências”.

“Nos Estados Unidos da América, isso não pode justificar a cassaçãodo voto de um único eleitor, muito menos de todos os eleitores de seu sexto estado mais populoso”, disse o parecer. “Nossas leis e instituições exigem mais”, afirmou o juiz na sentença.

To Top