Saúde é foco de programa eleitoral no Rio
Política

Saúde é foco de programa eleitoral no Rio

Em meio à retomada do crescimento do número de casos de covid-19, a gestão da saúde foi tema de destaque na estreia do horário eleitoral obrigatório na campanha do segundo turno no Rio. Tanto o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), candidato à reeleição, quanto o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) trataram do tema.

O programa de Crivella abordou a pandemia. O prefeito apareceu no vídeo para afirmar que “dizem que vem aí uma segunda onda” da covid-19 e para recomendar aos eleitores que não deixem um político que não teve experiência no enfrentamento da pandemia assumir. Na declaração, Crivella não citou Paes nominalmente. O tom emocional ficou por conta de um trecho editado com cenas de pacientes de covid-19 quando recebiam alta. Muitos choravam e agradeciam por sobreviver à doença.

O programa de Paes não falou diretamente da covid, mas criticou o que chamou de “abandono” das Clínicas da Família e das unidades de pronto atendimento (UPAs), redes construídas ao longo dos mandatos de Paes, e afirmou que faltam médicos na rede municipal. Prometeu a contratação de mil profissionais de medicina. Na tela, Paes apareceu prometendo acabar com o “fura-fila” no Sistema de Centrais de Regulação, que trata da organização da fila de pacientes para o acesso à rede pública de saúde.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

To Top