Quem precisa passar por perícia pelo INSS para ter o benefício?
Benefícios

Quem precisa passar por perícia pelo INSS para ter o benefício?

pensão por morte inss

Quem precisa passar por perícia pelo INSS para ter o benefício? Quase 70% dos médicos peritos retomaram o atendimento presencial nas agências do INSS. O número deve aumentar já que a associação que representa os peritos considerou mais 25 agências aptas para realizar o atendimento com segurança para médicos e segurados.

celular meu inss
celular meu inss

A notícia é positiva para quem está aguardando vaga para ser avaliado pelo médico do INSS para comprovar o direito a auxílio-acidente, auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

Aposentados e pensionistas com doenças consideradas graves têm direito à isenção do Imposto de Renda e também precisam ser avaliados pelos médicos do INSS para obter o benefício. Assim como aposentados por invalidez que dependem de cuidador e têm direito a um adicional de 25% no valor do benefício.

O atendimento apenas é feito mediante agendamento, pelo 135 ou pelo Meu INSS (site ou aplicativo).

Caso já tenha agendado, mas não foi atendido porque o perito faltou, o segurado tem direito a remarcar nova data.

Se teve o pedido negado, o segurado tem 30 dias para recorrer da negativa.

Antecipação

O governo liberou antecipação de R$ 1.045 de auxílio-doença e R$ 600 de BPC por causa do fechamento das agências, em março.

Com a reabertura das agências, a antecipação dos R$ 1.045 poderá ser paga a requerimentos de auxílio-doença protocolados até 31 de outubro. No entanto, só para o segurado que morar em município localizado a mais de 70 km de uma agência com perícia que esteja com o agendamento disponível.

Os segurados podem confirmar quais agências estão abertas no site covid.inss.gov.br. O INSS afirma que atualiza a lista de agências regularmente.

Para checar se a unidade foi liberada pelos peritos, confira o site da ANMP: http://anmp.org.br/.

Perícia virtual

Na sexta, o Tribunal de Contas da União determinou que o INSS elabore, em até cinco dias, um protocolo para perícias médicas virtuais, adotando a telemedicina, que pode diminuir a fila de pedidos de perícia.

To Top