Calendário do IPVA 2021 para os motoristas no Detran
Benefícios

Calendário do IPVA 2021 para os motoristas no Detran

Dúvidas frequentes do INSS

Calendário do IPVA 2021 para os motoristas no Detran. O governo estadual vai publicar o calendário de pagamento das cotas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2021. A primeira data de vencimento da cota única ou da primeira parcela será 21 de janeiro, para os proprietários de veículos do Estado do Rio com final de placa 0. Nesta segunda-feira (dia 7), a Secretaria estadual de Fazenda já havia informado que o desconto para quem quiser quitar o abatimento à vista será de 3%.

Como em anos anteriores, o imposto também poderá ser pago em até três parcelas, sem abatimento. A data do último vencimento — terceira parcela, para automóveis com final de placa 9 — será o dia 9 de abril. O calendário foi publicado no Diário Oficial do Estado.

CONFIRA AS DATAS DE VENCIMENTO

Final de placa – 0

1ª parcela ou cota única – 21 de janeiro

2ª parcela – 22 de fevereiro

3ª parcela – 24 de março

Final de placa – 1

1ª parcela ou cota única – 22 de janeiro

2ª parcela – 23 de fevereiro

3ª parcela – 25 de março

Final de placa – 2

1ª parcela ou cota única – 25 de janeiro

2ª parcela – 24 de fevereiro

3ª parcela – 26 de março

Final de placa – 3

1ª parcela ou cota única – 26 de janeiro

2ª parcela – 25 de fevereiro

3ª parcela – 29 de março

Final de placa – 4

1ª parcela ou cota única – 27 de janeiro

2ª parcela – 26 de fevereiro

3ª parcela – 30 de março

Final de placa – 5

1ª parcela ou cota única – 28 de janeiro

2ª parcela – 1º de março

3ª parcela – 5 de abril

Final de placa – 6

1ª parcela ou cota única – 29 de janeiro

2ª parcela – 2 de março

3ª parcela – 6 de abril

Final de placa – 7

1ª parcela ou cota única – 1º de fevereiro

2ª parcela – 3 de março

3ª parcela – 7 de abril

Final de placa – 8

1ª parcela ou cota única – 2 de fevereiro

2ª parcela – 4 de março

3ª parcela – 8 de abril

Final de placa – 9

1ª parcela ou cota única – 3 de fevereiro

2ª parcela – 5 de março

3ª parcela – 9 de abril

Tabela Fipe

A tabela com os valores venais dos veículos — que serve de base para o cálculo do imposto a pagar — ainda não foi liberada. Segundo a Secretaria estadual de Fazenda, será divulgada em breve.

Para calcular o IPVA, o governo do estado considera o valor de mercado do veículo, de acordo com a tabela elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Sobre esse valor de avaliação do automóvel é aplicada a alíquota do imposto previstas em lei (4% para carros flex, 2% para motos e 1,5% para carros movidos a GNV). O total obtido é o montante a pagar de imposto.

Como pagar

IPVA é recolhido pelo contribuinte por meio da Guia de Regularização de Débitos (GRD), emitida pelo site do Bradesco (www.bradesco.com.br) ou pelo portal da Secretaria estadual de Fazenda (www.fazenda.rj.gov.br). Para a emissão, é preciso ter em mãos o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

O motorista ainda precisará pagar a Guia de Recolhimento de Taxas (GRT), também obtida no site do banco, que reúne as taxas do Detran.RJ — a de licenciamento anual e a de emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Essas guias costumam estar disponíveis no site da instituição financeira na primeira quinzena de janeiro.

Fonte: Extra Globo

To Top