Inspetores de grãos argentinos retomam negociações para encerrar greve de 1 mês
Agro

Inspetores de grãos argentinos retomam negociações para encerrar greve de 1 mês

Inspetores de grãos argentinos retomam negociações para encerrar greve de 1 mês

BUENOS AIRES (Reuters) – O sindicato que representa inspetores de grãos em portos da Argentina vai se reunir nesta quarta-feira com empresas agroexportadoras, na tentativa de fechar um acordo salarial que colocaria um ponto final em uma greve iniciada em 9 de dezembro, disse um representante da organização.

A paralisação de quase um mês do grupo de trabalhadores, conhecido pela sigla em espanhol Urgara, afetou as operações portuárias em um dos maiores exportadores de soja, milho e trigo do mundo. A Argentina também é a principal fornecedora internacional de farelo de soja.

Quando a greve teve início, o Urgara foi acompanhado por sindicatos de funcionários do setor de oleaginosas, que recentemente fecharam acordos contratuais e retornaram ao trabalho.

O subsecretário de imprensa do Urgara, Juan Carlos Peralta, disse à Reuters que a reunião aconteceria no Ministério do Trabalho argentino às 14h30 (horário local).

“Esperamos chegar a uma solução”, afirmou.

A greve do Urgara afeta o terminal de grãos T6, operado pela Bunge e pela exportadora local AGD a norte de Rosario, um dos principais centros agrícolas do país. A paralisação também impacta terminais da Cargill e Louis Dreyfus no porto de Bahía Blanca.

(Reportagem de Maximilian Heath)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH051CH-BASEIMAGE

To Top