Asssessor da Casa Branca sobre China renuncia após violência no Capitólio
Asia

Asssessor da Casa Branca sobre China renuncia após violência no Capitólio

Por Steve Holland e Steve Stecklow

WASHINGTON (Reuters) – O vice-assessor de segurança nacional da Casa Branca Matt Pottinger renunciou ao cargo, juntando-se a uma série de autoridades que estão deixando o governo do presidente Donald Trump após a invasão do Capitólio por seus apoiadores.

Pottinger, uma figura importante no desenvolvimento da política de Trump para a China, renunciou na quarta-feira em resposta à reação de Trump sobre a invasão do Capitólio dos EUA por manifestantes, disse um alto funcionário do governo à Reuters. A Bloomberg informou primeiro sobre a renúncia.

O chefe de Pottinger, o conselheiro de segurança nacional Robert O’Brien, não tem planos de sair, de acordo com a fonte.

“Uma forte equipe de segurança nacional permanece no Departamento de Estado, no Departamento de Defesa, no Tesouro, na comunidade de inteligência e no Conselho de Segurança Nacional.”

A autoridade disse que a equipe vem se certificando de que não existem ameaças estrangeiras aos Estados Unidos antes do próximo governo de Joe Biden, que toma posse em 20 de janeiro. A equipe está em coordenação com a equipe de transição de Biden por diversas semanas.

A Casa Branca não fez comentários imediatos. O’Brien pediu a Pottinger que ficasse depois da eleição para facilitar a transição para a nova equipe de Biden, segundo a autoridade.

“Pottinger completou essas tarefas”, disse a pessoa.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH060ZL-BASEIMAGE

To Top