Escassez de chips força Ford, Toyota e Nissan a cortarem produção
Asia

Escassez de chips força Ford, Toyota e Nissan a cortarem produção

TÓQUIO/DETROIT (Reuters) – Ford, Toyota e Nissan afirmaram nesta sexta-feira que vão cortar produção de veículos neste mês por causa de escassez de chips, reforçando o grupo de montadoras atingidas por problemas de falta de componentes.

A Honda também afirmou nesta sexta-feira que sua produção no Japão poderá ser afetada por escassez de semicondutores.

Montadoras de veículos e fabricantes de produtos eletrônicos enfrentam problemas na oferta de componentes diante do descompasso entre a demanda e a recuperação da oferta causado pela pandemia de coronavírus.

A Ford afirmou que vai paralisar fábrica no Estado norte-americano de Kentucky. A unidade produz os utilitários Ford Escape e Lincoln Corsair. A Toyota informou que vai cortar produção da picape Tundra no Texas.

A Ford não informou os fornecedores dos chips que utiliza em seus modelos e a expectativa é que a fábrica volte a operar na semana seguinte. “Estamos trabalhando de perto com os fornecedores para resolver potenciais restrições na oferta relacionadas à escassez de semicondutores”, disse uma porta-voz da montadora.

A Nissan afirmou que planeja reduzir a produção do híbrido Note na fábrica de Kanagawa.

No mês passado, a Volkswagen afirmou que enfrentava falta de semicondutores e que iria ajustar produção em fábricas na China, América do Norte e Europa.

(Por Noriyuki Hirata e Eimi Yamamitsu)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH07191-BASEIMAGE

To Top