Mediador informal do governo, irmão de Bolsonaro ganha cargo em prefeitura do interior de SP
Últimas Notícias

Mediador informal do governo, irmão de Bolsonaro ganha cargo em prefeitura do interior de SP

portalmixvalenoticias-1280x728-1

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O comerciante Renato Bolsonaro, irmão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi nomeado chefe de gabinete do prefeito recém-eleito de Miracatu (SP), Vinícius Brandão de Queiroz, conhecido como Vinícius do Iraque (PL).

Renato mora na cidade e tem lojas de móveis na região do Vale do Ribeira, a mais pobre do estado de São Paulo.

O irmão do presidente foi o principal cabo eleitoral de Vinícius do Iraque, eleito com 4.814 votos, que significam 45,17% do total apurado. Em segundo lugar ficou Ezigomar Pessoa (PSDB), que tentava a reeleição e teve 3.992 votos, 37,46% do total. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Miracatu tem cerca de 20 mil habitantes.

Sem poder sair candidato -devido a restrições legais para a candidatura de parente direto do presidente da República- , Renato Bolsonaro se tornou o grande nome da política do Vale do Ribeira intermediando verbas federais para aliados das prefeituras locais.

Em janeiro de 2020, o jornal Folha de S.Paulo revelou que o irmão do presidente intermediou contratos que previam envio de verbas federais para obras como de pavimentação e construção de ginásios. Na época, Renato disse que fez o trabalho de maneira voluntária, sem receber nada em troca.

A reportagem identificou a participação do irmão do presidente na liberação de dinheiro para ao menos quatro municípios do litoral e do Vale do Ribeira, região de origem da família Bolsonaro.

Ao todo, após a atuação de Renato, foram mais de R$ 110 milhões repassados para construção de pontes, recapeamento asfáltico e investimento em centros de cultura e esportes nas cidades de São Vicente, Itaoca, Pariquera-Açu e Eldorado, município onde moram familiares do presidente.

Sem cargo público na ocasião, Renato participou de solenidades de anúncio de obras, assinou como testemunha contratos de liberação de verbas, discursou e recebeu agradecimentos públicos de prefeitos pela ajuda no contato com a gestão federal comandada pelo irmão. Tudo registrado em suas redes sociais.

Nas vésperas da eleição de 2020, Renato colou ainda mais no irmão presidente, que visitou a região para participar de solenidades de lançamento de esboços de obras. Bolsonaro esteve em Pariquera-Açu, em Registro e em Eldorado, sempre com Renato a tiracolo.

A desenvoltura como cabo eleitoral foi tamanha que na cidade de Cajati Renato subiu no palanque junto com o PT. Apoiador da candidatura de Vavá Cordeiro, do PSB, o irmão de Bolsonaro estava ao lado dos petistas, que faziam parte do arco de alianças. Após a repercussão negativa entre os bolsonaristas, Renato gravou vídeo pedindo desculpas a seus apoiadores.

O candidato que ganhou a maior atenção de Renato Bolsonaro, porém, foi Vinícius do Iraque. Ainda quando era vereador, Vinícius passou a circular com o irmão do presidente pela cidade de Miracatu, se credenciando como o nome do bolsonarismo oficial na cidade.

Quando Jair Bolsonaro programou visitar a região para propagandear obras que ainda estão no papel, o anúncio do tour presidencial foi feito em um vídeo gravado por Vinícius e Renato Bolsonaro juntos.

Após a vitória na eleição, Renato Bolsonaro passou a ocupar o segundo gabinete mais importante da prefeitura.

A reportagem procurou o irmão do presidente para comentar a nomeação, mas ele não se manifestou, assim como a Prefeitura de Miracatu.

To Top