Nova unidade de conservação no Vale do Paraíba vai preservar 400 espécies de animais
São Paulo

Nova unidade de conservação no Vale do Paraíba vai preservar 400 espécies de animais

portalmixvalenoticias-1280x728-1

O Governo de São Paulo publicou na quarta-feira (6) o decreto de criação de uma nova Unidade de Conservação no Estado, o Monumento Natural Mantiqueira, que vai preservar 421 espécies de animais entre aves, anfíbios, mamíferos e peixes.

Sob responsabilidade do Fundação Florestal, o espaço de mais de 10 mil hectares abriga também um patrimônio natural com áreas de montanha predominantemente cobertas por florestas e campos de altitude localizada entre os municípios de Cruzeiro (9.392 hectares) e Piquete (979 hectares).

A nova unidade de conservação foi classificada como MoNa, uma categoria de preservação que tem como objetivo proibir a intervenção humana nos aspectos naturais. Com isso, a área se torna o terceiro Monumento Natural (MoNa) do Estado de São Paulo gerido pela FF, juntamente com o MoNa Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí, e o MoNa Pedra Grande, em Atibaia e Bom Jesus dos Perdões.

A área possui também atrativos turísticos como cachoeiras e vias de escalada em rochas. Entre os destaques está o Túnel da Mantiqueira, palco de uma das principais batalhas da Revolução Constitucionalista de 1932. A região faz parte do circuito paulista da Estrada Real.

A previsão do governo do estado é a de que sejam investidos na área de preservação cerca de R$ 2 milhões reais vindo da Câmara de Compensação Ambiental (CCA).

Atrativos turísticos

Predominantemente formada por florestas e campos de altitude, a área possui trilhas, no maciço e diversas vias de escalada em rocha.

O principal atrativo no local é o Maciço Marins-Itaguaré, formado por alguns dos pontos mais altos do estado de São Paulo – Pico dos Marins (2.427m), Pico do Itaguaré (2.308m) e Pico do Marinzinho (2.432m).

A Travessia Marins-Itaguaré é uma das mais procuradas no Brasil por montanhistas brasileiros e estrangeiros, e é também um dos trechos de uma rota maior: a Travessia Transmantiqueira.

Outro atrativo turístico é o Túnel da Mantiqueira, palco de uma das principais batalhas da Revolução Constitucionalista de 1932. A região faz parte do circuito paulista da Estrada Real.

Ainda conta com diversas cachoeiras, sendo as cinco principais: Complexo do Curiaco (Poço do Curiaco e Cachoeira do Amor), Cachoeira do Alemão, Cachoeira do Jaracatiá, Cachoeira das Andorinhas.

Recursos hídricos

O MoNa está inserido na bacia Hidrográfica do rio Paraíba do Sul, curso de água que banha os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O rio atravessa a região do Vale do Paraíba e é formado pela confluência dos rios Paraitinga e Paraibuna.

Vegetação

Os remanescentes de vegetação na área de estudo para criação do MoNa totalizam 15.939,35 ha. Os principais tipos de vegetação natural são a Floresta Ombrófila Densa Montana, mais conhecidas como Florestas de Encostas, com 12.229,08 hectares (74,8%). Já a Floresta Ombrófila Densa Alto-Montana, que são as Florestas de Altitude, representam 2.403,18 hectares (14,71%). Os Refúgios Ecológicos ou Campos de Altitude estão presentes em 1.108.11 ha (6,78%). O contato entre as florestas e os campos de altitude, conhecido como Candeais, ocupam 198,98 ha (1,22%).

Na área do entorno, destacam-se os usos agrícolas, com total de 15.338,4 hectares, o que representa 65,3% do território.

Clique aqui para ler o texto completo do decreto.

O post Nova unidade de conservação no Vale do Paraíba vai preservar 400 espécies de animais apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

To Top