Brasileiro poderá receber até o fim de 2022 o Auxílio Emergencial?
Auxílio Emergencial

Brasileiro poderá receber até o fim de 2022 o Auxílio Emergencial?

Auxílio emergencial

Brasileiro poderá receber até o fim de 2022 o Auxílio Emergencial? Com a iniciativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de colocar na pauta de votação a Medida provisória que trata da extensão do auxílio emergencial, a oposição começa a intensificar as tentativas de ampliar ainda mais o benefício auxílio emergencial.

Uma emenda assinada pelo líder do Solidariedade, deputado Zé Silva (MG), e pelo deputado Paulo Pereira da Silva (Solidariedade-SP) pede que o auxílio seja prorrogado até 31 de dezembro de 2022, no valor de R$ 300.

“Como forma de angariar recursos para seu financiamento, propõe-se também a criação de uma contribuição, nos moldes da “antiga CMPF”, que vigorará enquanto perdurar o auxílio”, afirmam os deputados na justificativa do pedido.

“Se o valor arrecadado pela CPMF for maior que o necessário para o pagamento do auxílio emergencial, seu saldo será inteiramente destinado à saúde dos brasileiros”, dizem os parlamentares.

O Auxílio Emergencial foi criado em abril como a principal medida do governo para enfrentamento da pandemia do coronavírus. No início ficou instituído o pagamento de três parcelas de R$ 600.

Auxílio emergencial
Caixa Tem – Auxilio Emergencial

Depois, para prorrogar o benefício, o governo enviou em setembro a MP 1.00 que instituiu, até 31 de dezembro de 2020, o auxílio emergencial residual, a ser pago em até quatro parcelas mensais no valor de R$ 300.

O governo resiste em estender o benefício. O presidente Jair Bolsonaro disse que não haveria prorrogação do auxílio emergencial e nem a criação de um novo programa de distribuição de renda. Segundo o presidente, a ideia trabalhada pelo governo era “aumentar um pouquinho” o Bolsa Família.

Fonte: Economia Uol

To Top